O Sol no comando

Equinócio de Outono e Stonehenge

Por Cecília Mariano*

Ainda lembro como se fosse ontem. Eu tinha acabado de chegar à Londres e na minha sala do curso de inglês, os colegas não podiam se conter planejando as próximas semanas. Eu era só uma pobre newbie, ainda desacostumada com o clima e tendo como referencial as temperaturas do Brasil.

Eu não estava entendendo tanta euforia. Mas ninguém se importava com a minha ignorância. Eles estavam indo para o tudo ou nada. Para o agora ou nunca! Cada dia ensolarado contava muito e eles não estavam a fim de perder tempo! 

Claro que a minha ficha só caiu meses depois, lá para meados de outubro, quando o cinza se instalou no céu novamente. Foi então que eu realmente entendi o poder do Sol!

Em locais como o Reino Unido é que podemos sentir literalmente na pele a influência da luz e do calor solares no nosso dia a dia. Ele está realmente no comando e pode ditar nossos passeios, humores e vontades. 

E já que ele manda e o seu posicionamento no céu reflete nas energias que ficamos expostos aqui na Terra, o melhor mesmo é obedecer! Ou pelo menos tomar consciência do que ele está pedindo… 

Saber por qual signo o Sol está transitando nos ajuda a entrar em conexão com os ritmos cósmicos e nos coloca em sintonia o comandante!

Por enquanto e até o dia 22 de setembro, o astro rei estará em Virgem (parabéns aos virginianos!). Use esta energia para se organizar, planejar e selecionar o que merece a sua atenção ou não. São aqueles dias em que a faxina e a limpeza, tanto na casa quanto no seu interior, rendem muito! Jogue fora aquilo que já não te serve mais e dê espaço para o novo.

Deixe tudo arrumadinho, pois ao longo deste mesmo dia 22 de setembro, mais para o final da tarde, o Sol se muda para os domínios de Libra. É o equinócio de outono aqui no hemisfério norte (e o equinócio de primavera no hemisfério sul), ou seja, quando o dia e a noite têm exatamente 12 horas de duração. Um convite ao equilíbrio e à harmonia interior.

Aqui na Inglaterra temos o privilégio de estar bem pertinho de um dos lugares sagrados do planeta: Stonehenge (só de pensar já me arrepio!). Lá, todos os anos, grupos se reúnem pela manhã bem cedinho para contemplar e admirar o exato momento em que os raios solares passam pela fenda de uma das rochas perfeitamente colocadas na direção certa. Um espetáculo lindo de integração entre o Homem e a sua natureza celeste. 

E o melhor de tudo é que não é preciso estar lá para entrar em sintonia com toda esta vibração. Basta colocar conscientemente as forças librianas de beleza, diplomacia, resolução de conflitos e relacionamentos em seus atos nos próximos dias.

Vale vestir uma roupa bonita, passar um perfume bem gostoso, reunir os amigos e aproveitar uma boa companhia. Nada difícil, não é mesmo?

* Cecilia Mariano é astróloga e terapeuta. Instagram: @ceciliamarianorosa. Site: ceciliamariano.com

Também pode interessar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *