Escolas fornecerão óculos gratuitos para melhorar índices de alfabetização entre crianças

Milhares de alunos se beneficiarão de um programa ampliado que fornece dois pares de óculos gratuitos para melhorar a leitura e a escrita, combatendo a má visão, na Inglaterra.

Os dados mostram que 30% dos alunos (maioria de menos favorecidos) que precisam de óculos não foram a um oftalmologista, sendo menos provável que obtenham, ou usem, os óculos de que precisam. Isto pode atrasar as crianças.

O programa “Glasses in Classes” visa nivelar os resultados e será adaptado para cinco áreas desfavorecidas na Inglaterra. Isto atingirá mais de 9.000 alunos em pelo menos 225 escolas.

As crianças identificadas como necessitando de óculos receberão um par para casa e outro para a escola, ajudando-as a se concentrar na sala de aula e a melhorar suas habilidades de alfabetização.

O Secretário de Educação Nadhim Zahawi disse: “Como jovem, pouco depois de chegar a este país, sentei-me no fundo da sala de aula com poucas habilidades linguísticas e pouca confiança, lutando para participar de minhas aulas. Naquela época, eu nunca poderia ter sonhado com as oportunidades que este país me daria e estou determinado a ajudar cada jovem a superar obstáculos, assim como fui apoiado”.

“Muitas crianças ainda lutam com as habilidades de alfabetização de que precisam para aproveitar ao máximo sua educação. Passos simples como fornecer óculos gratuitos àqueles que precisam deles para que possam ver claramente as palavras em uma página, por exemplo, podem ajudar a fechar a lacuna de alfabetização e fomentar o amor pelo aprendizado.”

As crianças e suas famílias receberão apoio de um coordenador de visão, geralmente um assistente de ensino, para assistir a exames oftalmológicos de acompanhamento, obter seus óculos prescritos e usá-los regularmente. O treinamento estará disponível para o pessoal de apoio.

Marcando a Semana Nacional de Saúde Ocular (20 a 26 de setembro), o esquema é apoiado pelo financiamento da Área de Oportunidade e agora estará disponível para alunos em Doncaster, Derby, Durham, Norwich e Breckland, e North Yorkshire Coast.

O projeto ‘Glasses in Class’ foi desenvolvido pelo Centre for Applied Education Research (CAER), uma parceria criada pela Área de Oportunidade de Bradford para remover barreiras de saúde ao aprendizado.

Ele foi expandido por toda a cidade em 2019 utilizando financiamento da Education Endowment Foundation (EEF) para incluir 100 escolas primárias, das quais metade recebeu a intervenção, para investigar melhor o efeito sobre a alfabetização do fornecimento de óculos adicionais para uso na escola.

Esta última expansão visa apoiar outras áreas que enfrentam desafios semelhantes e fechar a lacuna de alfabetização que persiste entre algumas crianças e seus pares mais abastados, apesar de ter diminuído em todas as fases da educação desde 2011 até a pandemia.

Baseia-se no ambicioso plano de recuperação educacional de longo prazo do governo, incluindo investimentos de mais de £3 bilhões até o momento.

As escolas normalmente não recebem os resultados de exames de visão que os alunos fazem nas aulas de recepção, mas, durante o piloto, esses resultados foram compartilhados com o pessoal das escolas para que soubessem quais alunos e famílias deveriam apoiar. As crianças já têm direito a testes de visão e vales gratuitos do NHS para ajudar com o custo dos óculos, mas este teste lhes dá dois pares gratuitamente.

No início do programa da Área de Oportunidade em 2017, os alunos em Bradford estavam 6,2 pontos percentuais atrás da média nacional em leitura na Etapa-chave 2. Essa diferença diminuiu quase um terço para 4,6 pontos percentuais em 2018 e caiu pela metade para 3,1 pontos percentuais em 2019.

Outros estudos mostraram que a visão melhorou para as crianças que usam seus óculos em comparação com as que não usam e há uma ligação entre a má visão e a redução da taxa de alfabetização.

Os parceiros locais trabalharão juntos para adaptar a abordagem ‘Glasses in Classes’ para atender às necessidades locais nas cinco áreas como parte da abordagem baseada no local da Área de Oportunidade para nivelamento.

O guia de saúde e educação da Área de Oportunidade apresenta uma seleção de intervenções que abrangem saúde mental e bem-estar e identificação precoce do autismo.

A parceria CAER inclui o Departamento de Educação, o Bradford Teaching Hospital NHS Trust, as Universidades de Leeds, Bradford e York, o Conselho Metropolitano da Cidade de Bradford e a Educational Endowment Foundation (EEF).

Fonte: Gov.uk

Imagem: Unsplash

Também pode interessar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *