Mais de 800 pessoas foram presas na maior operação policial internacional

Em um trabalho conjunto de várias nações, foi realizada a maior operação policial internacional, que levou à captura de 800 criminosos que utilizam comunicações codificadas.

A operação intitulada “Escudo de Ferro” envolveu o FBI, o DEA, a Polícia Nacional Holandesa, a Polícia Nacional Sueca, a Europol e 16 outros países.

Também pode interessar: Conselho de Segurança apoia Guterres a continuar na ONU

Visou cerca de 300 organizações criminosas em mais de 100 países e apreendeu mais de oito toneladas de cocaína, duas toneladas de drogas sintéticas, 22 toneladas de cannabis, aproximadamente 250 armas, 55 veículos de luxo e 48 milhões de dólares em várias moedas e moedas criptográficas.

Calvin Shivers, diretor-assistente da Divisão de Investigação Criminal do FBI, afirmou: “As plataformas de comunicações criminais encriptadas têm sido tradicionalmente um instrumento para evitar a aplicação da lei e facilitar o crime organizado transnacional. O FBI e os nossos parceiros internacionais continuam a impor limites e a desenvolver formas inovadoras de ultrapassar esses desafios e de levar os criminosos à justiça.”

Para realizar esta operação, as autoridades investigaram durante mais de três anos. Por um sistema de comunicações codificadas que era gerido pelo FBI, conseguiram obter as informações necessárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *