Identificada em Croydon sexta pessoa que testou positivo para variante P.1

Imagem: Pixabay

As equipes de Saúde Pública da Inglaterra (PHE) e NHS Test and Trace localizaram o terceiro indivíduo na Inglaterra que testou positivo para a variante de preocupação P.1, primeiro identificada em Manaus, Brasil.

As equipes de rastreamento restringiram sua busca a um pequeno número de residências em Croydon, no sul de Londres, quando um indivíduo do bairro se deu a conhecer respondendo a chamadas feitas pela equipe do NHS Test and Trace.

Como a pessoa não preencheu devidamente os dados de contato quando enviou o teste, o NHS Test and Trace conseguiu combinar o código de barras do pacote de testes do indivíduo com o resultado do teste de variante.

O PHE está agora realizando um rastreamento de contato melhorado com o indivíduo e outros membros de sua casa. A pessoa havia estado em contato com um indivíduo que chegou do Brasil no início de fevereiro.

Embora as investigações estejam em andamento, as primeiras indicações atuais são de que todos os membros da família fizeram o isolamento durante o tempo correto após o retorno do viajante e depois que o caso desenvolveu sintomas.

O Dr Fu-Meng Khaw, diretor de Resposta Estratégica do PHE e consultor médico chefe adjunto de Teste e Rastreamento, disse: “A identificação deste indivíduo é o resultado de um enorme esforço de colaboração entre equipes especializadas no NHS Test and Trace e na Saúde Pública da Inglaterra.

“A equipe tem trabalhado sem parar para perseguir cada linha de investigação e este é um resultado fantástico que nos permite investigar completamente as circunstâncias ao redor do caso e reduzir o risco de transmissão posterior.”

“Como precaução adicional, estamos trabalhando em estreita colaboração com o Conselho Croydon para colocar em prática mais testes na área.”

Continuamos a monitorar todas as variantes de perto e a melhor maneira de proteger contra todas as infecções Covid-19 é lembrar o básico de mãos, rosto e espaço.

Fonte: Gov.uk

Também pode interessar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *