Conheça as 4 etapas traçadas por Boris Johnson para tirar a Inglaterra do confinamento

Imagem: Unsplash

O primeiro-ministro Boris Johnson estabeleceu na segunda (22/02) o roteiro do governo para flexibilizar cautelosamente as restrições de confinamento na Inglaterra.

Ao Parlamento e à população, ele apresentou os dados mais recentes sobre taxas de infecção, hospitalizações e mortes, bem como dados precoces mostrando a eficácia das vacinas.

O roteiro para sair do confinamento, que estará publicado no gov.uk, procura equilibrar os fatores de saúde, econômicos e sociais com os mais recentes dados epidemiológicos e conselhos médicos.

Boris Johnson disse: “Nossa prioridade sempre foi trazer as crianças de volta à escola, o que sabemos ser crucial para sua educação, bem como para seu bem-estar mental e físico, e também priorizaremos formas de as pessoas se reunirem com seus entes queridos com segurança.

“Nossas decisões serão tomadas com base nos últimos dados em cada passo, e seremos cautelosos sobre esta abordagem para não desfazer o progresso que alcançamos até agora e os sacrifícios que cada um de vocês fez para manter a si mesmo e aos outros em segurança.

Portanto, estabelecemos quatro testes-chave que devem ser cumpridos antes de podermos avançar em cada passo do plano.”

O roteiro delineia quatro passos para facilitar as restrições. Antes de passar à próxima etapa, o governo examinará os dados para avaliar o impacto das medidas de flexibilização anteriores. Esta avaliação será baseada em quatro testes, que são os seguintes:

– O programa de implantação da vacina continuar com sucesso.

– As evidências mostrarem que as vacinas são suficientemente eficazes na redução de hospitalizações e mortes naqueles vacinados.

– As taxas de infecção não correm o risco de um surto em hospitalizações, o que colocaria uma pressão insustentável sobre o NHS.

– A avaliação dos riscos não seja fundamentalmente alterada por novas variantes do vírus.

Os quatro testes estão sendo cumpridos atualmente, portanto o primeiro passo será dado a partir de 8 de março, quando os quatro principais grupos prioritários para vacinação – conforme determinado pelo JCVI independente – terão recebido um grau de imunidade, três semanas após terem recebido sua primeira dose.

Devido à atual disseminação relativamente uniforme do vírus em todo o país, as restrições serão aliviadas passo a passo por toda a Inglaterra ao mesmo tempo.

O roteiro busca o equilíbrio entre os impactos sociais e econômicos, preservando ao mesmo tempo a saúde e a segurança do país.

Sabe-se que os ambientes externos são de menor risco do que os internos, portanto, as atividades externas serão abertas mais cedo do que as internas.

Os parlamentares terão a oportunidade de votar os regulamentos que permitirão este roteiro nas próximas semanas.

“Continuamos a trabalhar em estreita colaboração com as administrações independentes, como temos feito durante toda a pandemia. Eles estão estabelecendo abordagens para aliviar o confinamento na Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte”, disse o primeiro-ministro.

Fonte: Gov.uk

Também pode interessar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *