Um paciente em diálise foi o primeiro a receber a vacina Oxford no Reino Unido

Fotografia: Twitter @NHSEngland

Um homem de 82 anos foi a primeira pessoa a receber a vacina Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) informou em um comunicado na segunda-feira (4/01).

Este é Brian Pinker, gerente de manutenção aposentado e paciente de diálise renal de Oxford. “Estou muito feliz por receber a vacina hoje e estou orgulhoso por ela ter sido inventada aqui”, disse ele após a vacinação, que ocorreu às 7h30, no Hospital da Universidade de Oxford.

O governo saudou a primeira injeção fora dos testes clínicos da vacina como um momento crucial na luta contra o vírus; no entanto, os médicos alertaram que, apesar do otimismo proporcionado por sua distribuição, há semanas difíceis pela frente e há alarme contínuo sobre os casos recorde.

O diretor médico Chris Whitty exortou o público a não se empolgar: “As vacinas nos dão uma rota de saída a médio prazo. No entanto, o NHS está sob pressão considerável e crescente no curto prazo. Devemos todos continuar o distanciamento social por enquanto.”

O professor Andrew Pollard, chefe do Oxford Vaccine Group, que também recebeu a injeção na manhã de segunda-feira, ecoou esse aviso. Ele disse que com um número recorde de casos diários, as próximas semanas seriam desafiadoras.

De acordo com o NHS, a segunda pessoa a receber a vacina AstraZeneca foi Trevor Cowlett, 88, pai de três filhos e professor de música. O terceiro foi o professor Pollard.

Os pacientes devem receber a vacina de reforço de acompanhamento dentro de 12 semanas após o recebimento da primeira dose, que foi 70% eficaz em média em um estudo em estágio final.

Pode interessar a você: Vacina da Oxford/AstraZeneca é aprovada no Reino Unido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *