Polícia interrompe festa ilegal e multa o organizador em 10.000 libras

Foto: Pixabay.

Um homem que deu uma grande festa no porão de um prédio na Pixley Street, E14, recebeu uma grande multa da Polícia Metropolitana.

Os agentes foram chamados à propriedade pouco antes das 7h30 do domingo, 22 de novembro. Imediatamente após entrar no saguão do prédio, os policiais foram capazes de ouvir a música ensurdecedora do porão.

Descendo as escadas, o porão estava escuro, com luzes e sistemas de iluminação montados. Da mesma forma, foram instaladas cabine de DJ e aparelhagem de som para 40 a 50 pessoas.

Pode interessar a você: Polícia busca informação após violento ataque em Islington.

Dada a gravidade da infração, os agentes identificaram imediatamente o organizador do evento e tomaram providências para fazer cumprir a lei. O homem agora enfrenta uma multa de £ 10.000 sob os regulamentos do coronavírus.

O inspector chefe Pete Shaw, do Comando da Polícia do Centro-Leste, disse: “Esta foi uma tentativa chocante e flagrante de violar os regulamentos. Estamos vivendo uma crise de saúde e Tower Hamlets tem uma das maiores taxas de infecção de Londres. O comportamento de quem organizou ou compareceu a esta rave ou festa ilegal era francamente inaceitável e corria o risco de promover a propagação do vírus.

“Continuaremos a reprimir aqueles que egoisticamente não consideram o impacto mais amplo de suas ações, assumindo riscos cegamente e ignorando as regras que a maioria dos londrinos segue admiravelmente.”

Pode interessar a você: Adolescente salva garota de ser sequestrada. Acusado está preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *