Boris Johnson sob pressão para implementar regras mais rígidas para reduzir os casos de coronavírus

O primeiro ministro Boris Johnson está sob pressão crescente para implementar regras mais rígidas de confinamento, depois que o número de mortos por Covid-19 no Reino Unido atingiu seu nível mais alto em cinco meses.

O governo britânico não rejeitou a projeção interna do Grupo de Aconselhamento Científico para Emergências (SAGE) de que neste inverno poderia ocorrer mais mortes do que na primavera, e um porta-voz considerou os últimos números preocupantes.

Nesta terça-feira, 367 mortes relacionadas ao vírus e quase 23 mil casos a mais foram registrados.

Pode interessar a você: Os níveis de anticorpos caem rapidamente após a infecção por coronavírus.

Segundo informação veiculada na mídia nacional, o PM está sendo submetido a intensa pressão de especialistas, como Sir Patrick Vallance, para aumentar as restrições, já que assessores do governo temem que as mortes diárias continuem a aumentar durante o próximos três meses.

Eles também alertaram que toda a Inglaterra precisará estar sob as mais rigorosas restrições de Nível 3 até meados de dezembro.

Até agora, a contagem oficial atual de mortes relacionadas à Covid-19 no Reino Unido é de quase 59.000.

Pode interessar a você: Vacina de Oxford gera uma resposta imune robusta em idosos e adultos mais velhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *