20 °C
Home

Emprego & Carreira: de pedreiro a designer de sobrancelha

|


Jony

Fotos Arquivo Pessoal/ Reprodução Partiu Plano B



Por Vanesa Brollo

Partiu Plano B


Você já parou para pensar em o que faria se perdesse o emprego ou se precisasse de renda extra? Na verdade, na rotina do dia a dia e correria do trabalho, a gente muitas vezes se esquece de que de uma hora para outra as coisas podem mudar. Por isso é essencial ter sempre um Plano B na vida profissional.


Vestir a camisa de uma empresa ou projeto é importante, mas acho essencial investir em outras habilidades. Assim, caso seja necessário, você pode usar essa habilidade ou talento como fonte de renda. Jonyson Diego Camargo é um brasileiro, que mora em Curitiba, e nunca imaginou que atuaria no ramo da beleza.


Camargo começou no setor de construção civil como servente de obra, foi se qualificando e como pedreiro fez várias reformas, até construiu a casa da irmã dele. Chegou a fazer curso de Técnico em Edificações e trabalhou 4 anos nessa área em Vitória, no Espírito Santo. Só que a esposa do Jonyson, a Aline, estava morando em Curitiba, onde tinha emprego fixo.


Para não ficar longe da mulher e do filho, Jonyson decidiu pedir demissão da empresa. “A família não se encontra em qualquer lugar, ela é única”, diz. Só que assim que chegou, a esposa foi demitida. Os dois passaram a procurar emprego e foi aí que o técnico em edificações percebeu como a crise tinha afetado o setor de construção civil, na verdade não só esse setor. Com a crise econômica do país, milhares de pessoas foram demitidas e não estavam conseguindo recolocação.


“Já estava desanimado e muito nervoso, quando vi minha esposa treinando uns desenhos de sobrancelha no papel. Comecei a fazer também e isso virou nosso passatempo”, conta. E foi esse passatempo que inspirou o Jonyson a partir para o Plano B e investir todas as economias num curso, que ensinava tudo sobre novas técnicas para sobrancelhas. Até que ele se preparasse para essa nova profissão, foi o seguro desemprego da esposa que garantiu as despesas básicas da família.



Jony1

Atualmente os dois estão trabalhando e, aos poucos, colocando as contas em dias.”Passei todos os meus conhecimentos para minha esposa e agora trabalhamos juntos e temos tempo para dar atenção ao nosso filho”, comemora.


Acho que a história do Jonyson é um bom exemplo de que você tem que ter coragem e humildade para enfrentar momentos difíceis. Quem diria que seria no setor da beleza que essa família encontraria uma forma de se sustentar? Ao ter coragem de mudar e persistência para aprender uma nova profissão, Jonyson mostra que tudo é possível.


Perdeu o emprego? 


Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima. Faça primeiro uma autoanálise. Será que você tem algum hobby ou talento que possa ser uma opção de negócio? Muitas vezes, a resposta está mais próxima do que imagina. No caso do Jonyson, a união em família foi fundamental. Aliás, ele só tinha dinheiro para pagar um curso de como fazer sobrancelha. Decidiu fazê-lo e depois ensinou tudo à esposa, que hoje trabalha junto.


Sempre que entrevisto alguém com uma história de empreendedorismo, peço algumas dicas, que possam ajudar ou inspirar outras pessoas, que estejam em busca de um Plano B.


Confira aqui algumas dicas do Jonyson


  • Acredite e tenha fé no que se propõe;
  • Una-se à família, pois ela é seu melhor amigo;
  • Viva cada dia como se fosse o último de sua vida, assim você consegue dar o seu melhor a cada minuto, esquecendo-se das dificuldades.
  • Perdeu sua fonte de renda, não se desespere, pois se você se estressar vai esquecer do melhor que está por vir, esse passo que deu para trás é apenas um impulso para conseguir conquistar seus sonhos.
  • Enquanto há fôlego de vida, há esperanças. Siga em frente sempre alegre e de cabeça erguida. Nesta vida levamos apenas a dignidade.

São palavras de alguém que teve coragem de começar numa área completamente diferente e que hoje é um exemplo para quem está à procura de uma ideia ou inspiração. Nem sempre terminamos nossas vidas na carreira em que começamos. Há um dito que diz: Ao longo da vida podemos trocar pelo menos 5 vezes de atividade profissional.

E você tem vontade de experimentar algo diferente? Tente!


Vanessabrolo

Vanessa Brollo é jornalista de Curitiba-PR e idealizadora do PARTIU PLANO B. 

Colaboradora brasileira do NOTÍCIAS EM PORTUGUÊS.