8 °C
Brasil

Número de refugiados no Brasil subiu 9,3% em 2016

|

FF refugiadosdoCongoprotestamemCopacabana 00511202016

Refugiados do Congo participam de ato em Copacabana no Rio de Janeiro (Fernando Frazão/Agência Brasil)


(LONDRES) Da redação


O número de refugiados e pedidos de asilo no Brasil aumentaram em 2016, segundo informação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) na segunda-feira (19). O levantamento considera dados do Comitê Nacional dos Refugiados (Conare) do Ministério da Justiça.


Segundo o relatório, o número de refugiados no país subiu 9,3%, e o de pedidos de refúgio cresceram 23,6% em comparação a 2015. O Brasil tinha 8.863 refugiados em 2015. No ano seguinte, o número saltou para 9.689. O total de pedidos de refúgio passou de 28.670 (2015) para 35.464 (2016). Além disso, outras 22 mil pessoas também são consideradas "indivíduos de interesse de proteção internacional". No cálculo entram, por exemplo, haitianos, que não são considerados refugiados, mas ganharam vistos humanitários.


Os números foram divulgados pelo Acnur durante encontro, realizado em São Paulo, de apoio a refugiados. Desde 2010, o número de refugiados no Brasil teve aumento de 148%. Apesar disso, o país tem uma concentração pequena, se for comparada a sua população e mesmo em comparação a países vizinhos.