7 °C
Esporte

Cristiano Ronaldo não quer descansar e disputará Copa das Confederações

|

Cr9

Atacante português estará na Rússia para estreia de Portugal contra México (Reprodução Facebook FPF)


(LONDRES) Da redação


Cristiano Ronaldo conquistou tudo neste ano. Para coroar a temporada, o atacante marcou dois gols na vitória contra o Juventus na final da Liga dos Campeões. Provavelmente será eleito o melhor jogador de 2017. Mas o português da Ilha da Madeira não se dá por satisfeito. Ele confirmou presença na Seleção lusa, que disputará daqui a duas semanas, na Rússia, a Copa das Confederações.


Após liderar Portugal na inédita conquista da Eurocopa no ano passado, Cristiano Ronaldo pretende ajudar a Seleção de seu país a conquistar mais um título que nunca conseguiu. A presença do atacante será boa para a competição, que nesta edição não terá seleções de peso como Brasil e Argentina. Além disso, a Alemanha, sempre uma potência, anunciou lista de convocados com apenas três jogadores campeões mundiais em 2014



Portugal estreia contra México no dia 18 de junho


No Grupo A estão México, Nova Zelândia, Portugal e Rússia. A Seleção lusa estreará no dia 18 de junho contra o México. A anfitriã Rússia pegará Nova Zelândia. Na segunda rodada, Portugal enfrentará Rússia (21) e terminará a fase de grupos encarando a Nova Zelândia (24). O outro grupo é formado por Alemanha, Chile, Austrália e Camarões.


"Este ano foi fantástico, ano passado também. Vou ter uns dias de folga agora, depois as eliminatórias da Copa e a Copa das Confederações. É uma temporada longa, mas estou feliz, motivado, num bom momento. A idade é só um número, sinto-me como um garoto", afirmou Cristiano Ronaldo, que completou 32 anos em 5 de fevereiro.




Alemanha convoca apenas 3 campeões mundiais


Portugal vem com força máxima para a competição. A maioria do elenco campeão na Eurocopa da França estará presente. Alemanha, por outro lado, convocou uma equipe jovem. O treinador Joachim Low chamou uma espécie de time B.

A relação conta com apenas três jogadores que levantaram a taça em 2014 no Brasil: Mustafi, Draxler e Ginter - todos reservas na conquista. Com um elenco formado basicamente por jogadores do time reserva ou jovens promessas, o trio, em conjunto com Ter Stegen (Barça), Kimmich (Bayern) e Sané (City), terá a missão de conquistar o título inédito para a Alemanha.