4 °C
Comunidade

Londres em clima de festa junina

|

Feestajunina


(LONDRES) Da Redação




Londres tem roda de samba, choro, churrascaria, música brasileira de qualidade e até botecos. Não faltam atrações para os ingleses e estrangeiros conhecerem melhor nossa cultura. E a comunidade matar as saudades do país. Mas a lista também precisa de uma boa festa junina, uma das tradições mais fortes (e saborosas) do Brasil.


Nos próximos dias e semanas, no entanto, não vão faltar opções para quem quiser curtir um bom arraial na capital britânica. E com entrada gratuita. Anarriê!



Embaixada promove arraial e divulga turismo no Brasil



De sexta-feira (26 de maio) até 4 junho será realizado na Embaixada do Brasil em Londres a Mostra Brasil Junino, parceria entre o Instituto Brasileiro de Integração (IBI), Embratur e a Embaixada. O festival terá apresentações típicas e palestras sobre turismo fechada para representantes do setor.


A abertura do evento terá apresentação musical do artista Chambinho do Acordeon e dança com os grupos Balé Flor do Cerrado e Quadrilha Junina Raio de Sol. O evento está programado para começar às 18h (14-16 Cockspur Street SW1Y 5BL). A entrada é gratuita, mas é preciso confirmar presença por meio do email rsvp2@bossa-brazil.com.


Nos dias 31 de maio e 1o de junho, a partir das 18h, serão realizados seminários para profissionais do setor do turismo. O encerramento do evento, no dia 4 de junho, será aberto ao público e contará com atrações juninas. A programação está prevista para começar às 13h.


O evento inédito já passou por Lisboa, Madri e Roma e foi um sucesso, atraindo milhares de pessoas. Na Itália, o público passou de 30 mil presentes. O objetivo da festividade não é apenas receber a comunidade brasileira, mas divulgar as festas de São João para os estrangeiros. Com isso, atrair turistas para o Brasil em todas as épocas do ano e combater a sazonalidade.



O número de visitantes nos três países chegou a 51 mil pessoas, superando as expectativas da Embratur que, inicialmente, contava com a participação de 40 mil pessoas.


O diretor de inteligência competitiva e mercados internacionais do IBI, Gilson Lira, disse que a iniciativa comprova a eficácia de divulgar o Brasil no exterior: “Levamos aos três países a riqueza das nossas festas juninas, mostramos aos europeus a diversidade do turismo no Brasil, que vai além dos destinos de sol e praia. Nós investimos na promoção e divulgação de novos roteiros, ricos em cultura e tão atraentes quanto os que os europeus já conhecem em nosso país”.


Agora, após o sucesso na Espanha, Portugal e Itália, o evento chega a Londres. O Reino Unido é o 8º maior emissor de turistas ao Brasil e o 3º entre os países europeus. No ano passado, 202 mil ingleses desembarcaram no Brasil, superando a marca de 2015, de 189 mil turistas.


“A expectativa é que as festividades juninas façam o mesmo sucesso em Londres. Os ingleses, além de fazerem parte do bloco dos principais emissores de turistas ao Brasil, têm preferência pelo turismo cultural quando viajam ao exterior”, reforçou Lira.




Capelania organiza festa em três locais



A Festa Junina organizada pela Capelania Católica Brasileira Nossa Senhora Aparecida em Londres cresce a cada ano. Na edição passada, mais de 5 mil pessoas prestigiaram o evento, que em 2017 acontece em três locais diferentes, Whitechapel (dias 10 e 11 de junho a partir das 14h), Crystal Palace (17 de junho a partir das 14h) e Willesden (24 de junho a partir das 13h).


Segundo o capelão Nilo Santafota, um dos organizadores do evento, a festa servirá para "integrar as comunidades, além de ser confraternização saudável, segura e divertida". O padre diz que não apenas os brasileiros frequentam a festa, mas também cidadãos de Portugal, Cabo Verde. Moçambique, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe e Macau.


A festa terá atrações típicas de um arraial junino no Brasil. Na parte gastronômica, comidinhas como pipoca, milho, amendoim, canjica, caldo de feijão, coxinha, pastel, espetinho e farofa. "Fazemos o máximo para nos aproximar da cultura brasileira", afirma padre Nillo, que integra a Comunidade Missionário Providência Santíssima, que reúne ainda mais dois padres e duas irmãs.



Além disso, uma boa fesa junina tem que ter brincadeiras para crianças (mas que nenhum adulto consegue resistir), como pescaria e pula-pula. E é claro, música caipira e um grupo de quadrilha, aberta aos casais que quiserem entrar na dança. Em Willesden, haverá também um bingo realizado dentro da capelania, com sorteio de prêmios em libras.


"A festa é uma maneira da comunidade se encontrar, falar português e matar as saudades de casa e de uma tradição tão brasileira", finaliza Nilo.