9 °C
Home

Atentado deixa 22 mortos em Manchester; Estado Islâmico assume autoria da ação

|

Britain ariana grande fran 1 ZIxQqVl

Polícia atende feridos em Manchester (Peter Byrne/AP)


Da Redação (Londres) - Um ataque suicida em Manchester cometido por volta das 21h35 de segunda-feira (22) deixou 22 pessoas mortas e 59 feridas. Um indivíduo explodiu uma bomba de fabricação caseira próximo da Manchester Arena, ao final de um show da cantora norte-americana Ariana Grande. Doze crianças estão entre as vítimas gravemente feridas.


A polícia de Manchester investiga se o responsável pelo ataque agiu sozinho ou como parte de uma rede terrorista. "Acreditamos que o autor carregava o artefato explosivo que detonou, causando essa atrocidade", afirmou a polícia.


O governo britânico classificou o ato como barbárie e pediu para a população se manter alerta, mas não alarmada.


A polícia britânica anunciou ainda a detenção na terça-feira (23) em Manchester de um homem de 23 anos supostamente relacionado ao atentado. O Estado Islâmico reivindicou a autoria da ação.


Testemunhas que assistiam ao show da cantora na Manchester Arena descreveram à imprensa local cenas de pânico após uma grande explosão.


"Todo mundo estava gritando e correndo, o chão estava repleto de casacos e telefones celulares. As pessoas simplesmente jogavam tudo", contou à rede de televisão "BBC" Robert Tempkin.