-14 °C
Gastronomia

Tartare de salmão com molho tarê em tartelete de massa filo

|

Filetesalmon

(LONDRES) Por Gilda Bley


A origem do salmão está bem mais perto de nós do que você imagina. Pelo menos para quem está em Londres. O peixe é originário do Atlântico Norte, mais precisamente Escócia, Dinamarca e Noruega. O salmão nasce em rios e lagos de água doce, mas na maturidade, entre dois e cinco anos, segue em direção ao mar.

Nesta edição do Notícias em Português, apresentamos receita de tartare de salmão com molho tarê, ideal para ser servida como entrada antes de um jantar. Esta e outras receitas fazem parte da série especial de receitas Brazilian Taste, que vai ser realizado em Londres de 14 a 16 de julho. Agora você vai aprender como fazer um desses prato super bonitos e gostosos na sua própria casa.



Ingredientes

PARA O MOLHO TARÊ


240 ml de molho de soja (shoyu)

240 ml de saquê-mirim (saquê culinário)

90 g de açúcar mascavo

rodelas de gengibre


PARA O TARTARE DE SALMÃO


500 g de aparas de salmão

endro

sal a gosto

pimenta-do-reino moída na hora

raspas de 3 limões-sicilianos

35 ml de azeite de oliva extra virgem



PARA O TARTELETE DE MASSA FILO


massa filo (Arosa)

manteiga sem sal



MODO DE PREPARO


PARA O MOLHO TARÊ

1 Levar uma panela ao fogo médio com todos os ingredientes.

2 Esperar levantar fervura e cozinhar até atingir consistência de calda.

3 Esperar esfriar para servir.


PARA O TARTALETE DE SALMÃO

Cortar aparas de salmão em pequenos pedaços e temperar com o endro picado, sal, pimenta-do-reino, raspas de limão-siciliano e azeite de oliva.


ReceitaTartare


PARA O TARTELETE DE MASSA FILO

1 Cortar tiras de massa filo em quadrados de 6x6 cm.

2 Para cada tartelete, interfolhar 3 folhas de massa, pincelando com manteiga em cada etapa.

3 Modelar forminhas com a massa já interfolhada e assar em forno preaquecido a 180 graus por aproximadamente 8 minutos.

4 Esperar esfriar para finalizar com o tartare, molho taré e uma folha de endro.


Rendimento: 30 unidades





Gilda Bley aprendeu culinária de maneira informal, cozinhando para amigos. O interesse pela área ganhou força e em 2011 iniciou um curso de gastronomia para fugir do estresse da faculdade.


Assim, ela descobriu o que faria para o resto da vida. Gilda estagiou em restaurantes renomados de Curitiba e estudou pâtisserie em São Paulo. Além disso fez aulas no The Culinary Institute of America. Hoje mora em São Paulo e é subchefe do Hell's Kitchen.