21 °C
Comportamento

​A vitória contra o modelo que oprime a idade da mulher

|

240417brigittetrogneuxemmanuelmacron

Foto Reprodução São 24 anos que os separam cronologicamente Brigitte e Macron. Quase a mesma diferença entre o casal norte-americano Donald e Melania Trump e pouco menos da metade da diferença de idade entre o casal presidencial brasileiro Michel e Marcela Temer, ele com 76 e ela com 33.




(LONDRES) Por Cristiane Lebelem - O resultado das eleições francesas não somente trouxeram um marco na História do país, que acaba de eleger Emmanuel Jean-Michel Frédéric Macron,o seu presidente mais jovem de todos os tempos, aos 39 anos, vencendo uma disputa acirrada contra o extremismo de Marine Le Pen.


A história de vida de Macron também serviria de manchete em tempos em que a mulher ainda é vista como um figura ilustrativa, numa concepção machista de relacionamentos.


Ela foi sua professora, por quem se apaixounou aos 15 anos. Mãe de 3 filhos, casada por trinta anos com um bem-sucedido banqueiro francês, Brigitte é uma dessas mulheres que em nada traduz o padrão masculino de esposa-troféu.

Macron foi mandado a Paris aos 18 anos para estudar, justamente quando seus pais souberam de seu envolvimento com Brigitte. Sem dúvida de que se tratava da mulher de sua vida. Ele jurou voltar para se casar com ela, ainda que já fosse esposa de outro e mãe de família em uma relação bem estabelecida.


Brigitte é uma dessas primeiras-damas bem apessoadas, elegante na medida do padrão francês, e cuidadosa aos olhares do jovem marido. Mas não escapou das duras críticas que vieram de todos os lados pela diferença de idade. São 24 anos que os separam cronologicamente. Quase a mesma diferença entre o casal Donald e Melania Trump e pouco menos da metade da diferença de idade entre o casal presidencial brasileiro Michel e Marcela Temer, ele com 76 e ela com 33.

A comparação entre a diferença de geração não ganhou manchetes denegrindo em qualquer aspecto o homem que se casa com uma mulher muitíssimo mais jovem, porém, com Brigitte o moralismo foi implacável. Qual seria a diferença midiática entre ter uma mulher figurativa, esteticamente no padrão machista de exposição, e estar em um relacionamento com uma mulher mais madura, que igualmente tem sua beleza dentro da sua idade, mas que fere o conceito masculino de casal perfeito?





foto Reprodução                                                Foto AP

Marcelaemichel     Donaldtrump

Marcela e Michel Temer o casal com 43 anos de diferença e o presidente dos Estados Unidos Donald Trump com a primeira-dama Melania, que vivem uma diferença de geração de mais de duas décadas 




Brigitte e Emmanuel poderiam representar qualquer casal que se ama e que lutou por uma história de amor em qualquer canto do planeta. A questão porém está em a sociedade aceitar que os tempos são outros e que ninguém mais precisa andar na ditadura do machismo, que oprime a mulher mais velha quanto a sua idade e estética, bem como deixar o homem livre de qualquer vergonha por não ter ao seu lado a “novinha”, com corpo perfeito, e jeitinho de Barbie.


A vitória na eleição francesa também é do mundo inteiro, que vivenciará a partir de agora uma relação de amor que prova que uma mulher pode ser interessante, aos 23, 33, 43, 53 e também aos 63 anos, e que é ela quem vai figurar como primeira-dama, apoiando, discutindo e influenciando uma das políticas mais importantes, e por quê? Simplesmente, porque numa relação de igualdade de gênero é assim, um apoia e ensina o outro, não importa a idade e nada mais.



Sabemos que este tema é polêmico e queremos ouvir a sua opinião, escreva para director@noticiasemportugues.co.uk e publicaremos na próxima edição a sua carta.