20 °C
Agenda

​Ivan Lins traz seus sucessos para Londres em dupla apresentação

|

IvanLins

Artista se apresenta em Londres nos dias 29 e 30 de maio 




Por Denis Kuck (Rio de Janeiro) - Carioca da Tijuca, as origens e influências de Ivan Lins são cosmopolitas e variadas. O artista viveu parte da infância nos Estados Unidos, de onde vieram algumas de suas primeiras experiências musicais.


“O jazz faz parte da minha formação musical, e seus artistas sempre me encantaram”, disse em entrevista ao Notícias em Português”.



Por outro lado, Ivan tem origens portuguesas e aprecia um bom fado. Além disso, tornou-se um compositor genuinamente brasileiro, refinado e popular. Esse tipo de mistura é a cara de Londres: ele vai se apresentar na capital britânica no Ronnie Scott's, tradicional casa de shows da cidade.



No Ronnie Scott’s, aliás, já se apresentaram muitos músicos que gravaram músicas de Ivan Lins, como a lenda do jazz Ella Fitzgerald e o trompetista Terence Blanchard. No local, Ivan promete fazer uma apresentação clássica, um passeio por sua obra e carreira, que inclui dezenas de sucessos.



“Tocarei meu repertório normal, ou seja, vários sucessos e algumas canções mais conhecidas internacionalmente. Nunca estive no Ronnie Scott’s, local que é considerado o templo do jazz em Londres. Só não estive tocando lá antes por falta de acordo”, afirmou.



“Madalena”, “Lembrança”, “Começar de novo”, são muitos os hits que o músico emplacou ao longo da carreira. Com muitos fãs no Brasil e no mundo, nada mais natural do que uma apresentação dupla: Ivan Lins faz show em Londres nos dias 29 (segunda-feira) e 30 de maio (terça-feira).



Ivan Lins, além de interpretar as canções, estará ao piano, seu instrumento tradicional. Ele será acompanhando por três músicos: Claudio Cesar Ribeiro (guitarra), Nema Antunes (baixo) e Chris Wells (bateria e percussão).



Ivan compôs vários fados


O artista carioca contou ao Notícias em Português que acha Londres uma cidade linda. Mas como bom carioca, queixou-se da falta de sol, além de tempo para conhecer melhor a cidade, pois só esteve na capital britânica a trabalho.



Ivan Lins costuma fazer muitos shows internacionais. Um dos locais em que ele mais gosta de se apresentar é Portugal.


“Meus shows no país são sempre alegres e lotados. Sou muito querido e respeitado. É muito bom tocar para eles”, afirma.


O músico aproveita para explicar um pouco sobre suas influências e o afeto que sente pelos ritmos lusitanos: “O fado me foi passado pelo meu avô materno. Quando cheguei dos Estados Unidos, em 1950, com cinco anos de idade, depois de morar três anos lá, eu não conhecia música brasileira. Só clássica e americana. Quando voltei ao Brasil fui morar na chácara de meu avô, que ouvia fado todo dia. Gosto de compor fados. Já tenho vários gravados em Portugal”.