14 °C
Londres

TfL lucra £2 milhões em 3 anos com objetos perdidos

|


Tfl lost


Milhares de itens são esquecidos nos transportes de Londres (London Transport Museum)



Da redação (Londres) - A Transport for London arrecadou £2 milhões em três anos com objetos perdidos e não reclamados deixados nas estações e vagões de metrô, ônibus e táxis. Segundo dados divulgados pelos diretores da TfL,milhares de artigos são esquecidos no transporte público todos os anos.



Caso ninguém entre em contato em três meses, os artigos são eliminados, doados para a caridade ou vendidos em um leilão. Cifras oficiais mostram que, no período entre abril de 2015 e março de 2016, os passageiros perderam 32.929 celulares, 43.377 peças de vestir e 43.068 bolsas. Mais da metade dos objetos esquecidos foi deixada nos ônibus.



No mesmo período, a TfL arrecadou em apenas um leilão de itens perdidos £734.641, aumento de quase £100 mil em relação ao ano anterior. De acordo com a Transport for London, o dinheiro é usado para custear o funcionamento dos achados e perdidos (Lost Property Office). Além disso, quando uma pessoa recupera um objeto, precisa pagar uma taxa para ajudar na administração do serviço.



“Mantemos os artigos por no máximo três meses a partir da data em que foi perdido. O dinheiro (com exceção do que é encontrado nos táxis pretos) pode ser reclamado em até 12 meses depois da data da perda”, afirmou a TfL em um comunicado.




Os artigos não associados a uma investigação ou não reclamados passam a ser propriedade da TfL. A agência, no entanto, ressalta que dados pessoais são destruídos antes dos itens serem “doados a instituições como Exército da Salvação e Cruz Vermelha, reciclados, eliminados ou vendidos”.