7 °C
Mundo

​Macron e Le Pen disputam 2o turno na França; pesquisas apontam vantagem do centrista

|

LePenMacron

Le Pen e Macron disputam 2o turno em 7 de maio (AP)


Da redação (Londres) - O 2o turno das eleições presidenciais na França será disputado entre os candidatos Emmanuel Macron e Marine Le Pen. Com as derrotas do republicano François Fillon e do socialista Jean Luc Mélenchon, os partidos tradicionais franceses ficaram de fora da disputa pela primeira vez em 60 anos.



Macron teve 23,75% dos votos, enquanto Le Pen obteve 21,53%. François Fillon, terceiro colocado, teve aproximadamente 19,94% e admitiu derrota. Jean-Luc Mélenchon ficou com cerca de 19,62%. .


A última vez que a esquerda deixou de ter candidato no segundo turno foi nas eleições presidenciais de 2002, disputadas por Jacques Chirac (conservador) e Jean-Marie Le Pen (extrema direita e pai da atual candidata Marine Le Pen).


Pesquisa de opinião com projeções para o segundo turno mostra o centrista Emmanuel Macron derrotando a candidata de extrema-direita Marine Le Pen por 61% a 38% dos votos. A pesquisa, da Opinionway, foi divulgada na manhã desta segunda-feira (24). Pesquisas realizadas no domingo à noite também apontavam Macron como favorito no segundo turno.



"Em um ano mudamos a face da política francesa", declarou Macron.


Le Pen também celebrou o "momento histórico", com um recorde de 7,6 milhões de votos. "Superamos a primeira etapa", disse a candidata.



O presidente da França, François Hollande, declarou voto em Emmanuel Macron. O mandatário afirmou que a extrema-direita, representada por Marine Le Pen, é um "risco" para o país.



O segundo turno que será realizado no dia 7 de maio.