11 °C
Comunidade

Comunidade participa de protesto contra Brexit em Londres

|


Da redação




Imagem

Muitos portugueses participaram da marcha carregando bandeiras 

Foto:Reprodução Facebook 



(LONDRES) Milhares de pessoas saíram às ruas de Londres no sábado, 25 de março, para protestar contra a saída do Reino Unido da União Europeia. No dia seguinte, o bloco europeu completou 60 anos. Muitos estrangeiros, cidadãos europeus e também britânicos participaram da marcha. A comunidade portuguesa, brasileira e de outros países lusófonos também esteve presente no ato, caminhando até o Parlamento.


A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, notificou oficialmente a saída do país do bloco na quarta-feira. A previsão é de que o Brexit se complete em dois anos. No entanto ainda há muitas dúvidas sobre qual será o futuro dos três milhões de cidadãos europeus que vivem no Reino Unido.


Cerca de 100 mil pessoas participaram da manifestação, que percorreu quatro quilômetros pelas ruas do centro de Londres. Ao final, na praça de Westminster, o protesto contra o Brexit misturou-se a uma homenagem às vítimas do atentando da semana passada, que deixou quatro mortos. Antes dos discursos políticos foi realizado um minuto de silêncio.



Imagem2

Foto:Reprodução Facebook


Entre muitas bandeiras do Reino Unido e da União Europeia, era possível ver também as cores de Portugal e de outros países da Europa.


Em entrevista para a imprensa internacional, muitos participantes expressaram seu descontentamento com o Brexit e reforçaram o espírito europeu. “Estou a viver em Londres há 20 anos e é preciso lutar pelos nossos direitos, nossos impostos, mas agora tudo vai mudar, precisamos saber o que exatamente vai acontecer”, disse um dos entrevistados. “As coisas não estão claras, não sabemos o que o governo pretende fazer com os membros da comunidade europeia que já vivem aqui”, afirmou outra participante.