- °C
Home

Parlamento dá sinal verde e apresenta a carta branca para saída da UE ainda este mês

|


DavidDavis

David Davis ministro responsável por negociar os detalhes da saída do Reino Unido da União Europeia/ Foto: Getty






(LONDRES) Por Cristiane Lebelem - O dia 13 de março de 2017 vai ficar marcado na história da Europa. Na noite desta segunda-feira, o Parlamento britânico deu o aval que o governo de Theresa May precisa para efetivamente trabalhar para a saída do Reino Unido da União Europeia.


Os parlamentares aprovaram o projeto de lei que dá vida ao Brexit. O texto agora segue para o Palácio de Buckingham onde a rainha Elizabeth II vai ratificar a decisão política. A primeira-ministra fará então o pedido formal ao bloco para a saída da União Europeia até final deste mês.


O golpe duro foi aos imigrantes que vivem no Reino Unido, já que as emendas que haviam sido introduzidas dias atrás para proteger os direitos dos cidadãos europeus foram derrubadas em votações na House of Commons por 274 votos contra e 135 a favor. A proposta que daria um poder de veto ao parlamento sobre o acordo que o governo de Theresa May ainda vai negociar com Bruxelas também sofreu foi derrotada por 274 votos contra e 118 a favor, ou seja, ela tem o sinal verde e a carta branca. A partir de agora Theresa May poderá ativar o artigo 50 do Tratado da União Europeia e de fato realizar o desligamento da UE.


No mesmo dia,a Escócia anuncia um novo referendo sobre a independência. O objetivo é ter a consulta entre outono de 2018 e a primavera de 2019, disse a primeira-ministra.“Qualquer que seja o caminho tomado por nós, deverá ser decidido pela população e não por outras pessoas”, afirmou primeira-ministra escocesa Nicola Sturgeon.