- °C
Comunidade

Em Londres, moradores da região de Lambeth participam de fórum para melhorias à comunidade

|

(LONDRES) Por Cristiane Lebelem


Foto2lambeth

Foto: C Lebelem


Com a presença da comunidade no Centro Comunitário de Apoio à Comunidade Lusófona, no sul de Londres, o Council de Lambeth promoveu no dia 25 de fevereiro (sábado), juntamente a alguns parlamentares, o vereador português Guilherme Rosa e Lib Peck, um fórum aberto ao público para debater alguns pontos importantes para os que vivem na região.


Imigrantes de fala portuguesa correspondem a um número significativo dos habitantes do Borough de Lambeth, e de acordo com representantes do Council, que comandaram os grupos de discussão, ouvir os pontos de vista e as sugestões da comunidade servirão para implementar novas políticas e atender demandas específicas em temas relacionados à EDUCAÇÃO, SEGURANÇA, EMPREGABILIDADE, REPRESENTAÇÃO POLÍTICA e SOCIAL. O documento na íntegra está disponível em www.noticiasemportugues.co.uk.



Foto1lambeth

Foto: C Lebelem




Destacamos nesta edição algumas das sugestões para cada área:



EDUCAÇÃO


Os moradores solicitaram a criação de espaços como clubes de tarefa de casa nas escolas, para que os estudantes recebam apoio sem que os pais tenham que pagar por aulas de reforço, ou que os custos sejam mais econômicos.


  • No encontro foi destacada a necessidade de apoio aos apoios para o estudo prévio à realização do teste LIFE IN UK. Pedindo às escolas do Borough que organizem sessões familiares;
  • Estímulo ao bilinguismo para os estudantes;
  • Oferta da opção do GCSE em português nas escolas da região;
  • Contratação de mais professores falantes de português


EMPREGABILIDADE



  • Melhorar a divulgação de anúncios de vagas de trabalho;
  • Possuir mais atendentes falantes de português na área de atendimento ao público e fornecimento de informações;
  • Necessidade de criação de grupo ativo na comunidade para servir de apoio aos que necessitam de mais ajuda para conseguir emprego;
  • Aulas de inglês para melhorar o nível de empregabilidade dos profissionais falantes apenas de língua portuguesa.


SEGURANÇA


Muitos dos presentes aproveitaram a oportunidade para reportar aos representantes do Council experiências pelas quais passaram nos últimos tempos. Algumas áreas são especialmente mais vulneráveis, de acordo com moradores, como parques de Kennington e Clapham. Também houve relatos de moradores que presenciaram alto consumo de álcool e drogas, estimulado especialmente entre jovens, atos violentos etc. A violência doméstica também foi apontada por muitos como grave problema social da região. Além de pedir mais atenção a todos esses pontos, os participantes do fórum sugeriram:

  • Maior policiamento nas ruas;
  • Linhas de atendimento telefônico específicas para este atendimento;
  • Contratação de policiais bilíngues;
  • Controle mais efetivo da venda de bebidas alcoólicas.

REPRESENTAÇÃO E LIDERANÇA POLÍTICA


Para muitos moradores, a falta de acesso a informações importantes acontece justamente pela ausência de representantes suficientes da comunidade de falantes de português na área da atuação pública. O que na prática pode significar menos influência dela na tomada de decisões políticas importantes, que afetam diretamente, impactando a vida dos que moram na região do Borough. Para moradores seria importante que:


  • Mais delegados fossem convidados para os círculos de debates e atuação política;
  • Nacionalidades de língua portuguesa devem ser mencionadas nos documentos oficiais;
  • Lideranças de fala portuguesa deveriam receber treinamento, para que se entusiasmem mais ao envolvimento político na região.