21 °C
Comunidade

Empreendedorismo

|

GuiaComoEmpreendernoReinoUnido



Nesta primeira coluna de 2017, o Consulado-Geral do Brasil em Londres gostaria de abordar um tema que tem cara de ano novo, de recomeço: empreendedorismo.


Muitos brasileiros no Reino Unido gostariam de abrir seu próprio negócio mas não sabem por onde começar. Quais são as exigências migratórias? Com funciona a regulamentação trabalhista e tributária? Como conseguir um financiamento ou empréstimo? Essas dúvidas muitas vezes podem se transformar em barreiras que acabam fazendo com que muitos desistam da oportunidade de se tornarem empreendedores.


Foi pensando nesses casos que o Consulado elaborou o guia online “Como Empreender no Reino Unido", uma cartilha com orientações gerais para micro e pequenos empreendedores brasileiros darem o pontapé inicial em seus projetos.


O documento foi preparado com base na consolidação de diversas informações importantes que possuem como fonte primária o site do governo britânico (www.gov.uk), o qual centraliza dados de todos os departamentos e agências do poder executivo responsáveis pela regulação e apoio aos investimentos no país.


A cartilha está dividida em quatro grandes temas:


  • Informações gerais sobre sobre a economia e o mercado do Reino Unido;


  • Abertura da empresa: contém orientações importantes a serem levadas em conta antes da abertura da empresa, como exigências migratórias, normas trabalhistas e tributárias, elaboração de plano de negócios etc.;


  • Gestão da empresa: o capítulo apresenta tópicos a serem considerados para o bom gerenciamento do seu negócio, como direito do consumidor, regulamentação de mercadorias, legislações específicas etc.;


  • Apoio a empreendedores:tópicos relativos a assessoramento e consultoria a micro e pequenos empreendedores, oportunidades de capacitação, opções de financiamento e empréstimos e programas de incentivo fiscal.

Apesar de abordar todas essas questões, é necessário ressaltar que a cartilha tem caráter meramente informativo. Por isso, não deve substituir consultas, por parte dos interessados, a fontes oficiais do governo britânico e a profissionais habilitados.


Se você pretende abrir uma micro ou pequena empresa e não sabe por onde começar, não desanime! Acesse o site do Consulado e leia atentamente o guia online “Como Empreender no Reino Unido".