9 °C
Negócios

2017: hora de ajustar o foco e empreender

|


Coworking badajozCopy

Foto divulgação


Por Alex Molokwn

www.coworkhub.co




2017 chegou e para muitos é hora de definir resoluções e desafios para o ano. Enquanto alguns estão na dúvida se casam, plantam uma árvore ou compram uma bicicleta, para muitos nativos da língua portuguesa, que moram em Londres, o momento é propício para empreender, mudar de emprego, buscar nova carreira.

Seja qual for sua profissão, uma coisa é certa: em algum momento, você participará de reuniões de negócios, entrevistas de emprego e rodadas de investimento etc. Nessas ocasiões, saber como se comportar em território britânico fará toda a diferença para seu futuro profissional.


Para ajudá-lo nessa missão, unimos força com o Cowork Hub (escritório de trabalho compartilhado em West London), que topou compartilhar algumas dicas básicas (porém, essenciais) com você. Preparado?


Oratória

Para se sair bem numa entrevista de emprego ou encontro de negócios é necessário transmitir confiança. Uma das maneiras de expressar isso é saber falar bem. Cada vez mais, o hábito de escrever e-mail ou enviar mensagens tem tomado o lugar da velha e boa conversa, não é mesmo?

Para começar com o pé direito, fale claramente seu nome, sobrenome e o nome da empresa, que você trabalha ou representa. Ouça com extrema atenção, sorria e crie contato visual. Deixe o outro lado da conversa concluir o raciocínio e pense antes de expressar sua opinião. Escutar, digamos uns 80% da conversa e falar apenas 20% é o lema no território britânico. Selecione muito bem o que será dito nesse curto período. Afinal, o inglês tem fama de ser direto e objetivo. Mesmo que você seja um profissional superempolgado pelo que faz, anote tudo o que precisa ser dito e consulte as anotações, sempre que possível.



Lição de casa

Essa dica pode parecer clichêpara muitos em pleno 2017, mas continua válida. Antes de ir a um evento profissional, esteja preparado para tratar de assuntos de interesse atual, incluindo livros, filmes e séries de TV.

Uma dica infalível para evitar o “cri, cri, cri” no meio da conversa é encontrar um assunto para quebrar o gelo. Advinha qual o tópico favorito dos britânicos? Tcharam! The weather, claro. Impossível passar uma hora no metrô ou nas ruas de Londres sem ouvir alguém comentando do tempo. Para saber se vai chover ou quem está liderando o campeonato de futebol europeu ou rúgbi, comece o dia lendo pelo menos um jornal ou assistindo a um noticiário. Acima de tudo, pesquise sobre a empresa (tamanho, segmento, história, valores e missão etc.) ou pessoa com a qual você terá o encontro. Se a língua inglesa ainda for uma barreira, procure tais assuntos em sites em português.



Importantíssimo:Não se atrase

Bem, se você mora aqui há 10 anos ou 2 meses certamente percebeu uma coisa: os britânicos têm a maior apreciação do mundo pelo relógio quando o assunto é business: o lema “tempo é dinheiro” é levado muito a sério. Então, organize-se para chegar pelo menos 15 minutos antes do horário combinado (verifique, com antecedência, as opções de transporte).

Chegar atrasado é considerado uma ofensa e nem o popular jeitinho brasileiro salvará o encontro. Se o atraso for inevitável, ligue para a pessoa informando qual o tempo estimado de chegada (o famoso ETA – estimated time of arrival). No caso de um atraso mais longo, que possa comprometer o sucesso do encontro, recomenda-se pedir desculpas e remarcar para outro momento. Afinal, as chances de a pessoa ter outra reunião na sequência são grandes.



Coworkindustria 1680x350



(Boa) apresentação conta muito

Com a competição cada vez mais preparada, o CV ou currículo continua sendo um peso pesado quando o assunto é entrevista de emprego. Para empreendedores, uma boa apresentação, site da empresa/projeto, faz toda a diferença. Nosso foco hoje será o CV.

De acordo com especialistas de RH, veracidade, gramática e ortografia lideram a lista das dicas de ouro para se destacar no mundo de negócios na Inglaterra.

1 CV não deve ter mais que 2 páginas A4 e deve estar digitado. Se você não tem computador em casa, a maioria das bibliotecas de Londres oferece computador para uso público;

2 CV deve incluir informações importantes como nome completo, endereço, telefone, e-mail e redes sociais usadas pelo profissional (especialmente LinkedIn). Data de nascimento deixou de ser usada por questões de discriminação. Inclua foto apenas se a vaga for para modelo ou ator;

3 Adapte o CV de acordo com as especificações da vaga para a qual você está se candidatando;

4 torne o CV uma vitrine de suas habilidades, realizações e experiências, mas acima de tudo comprove como metas foram atingidas e ideias criadas. Evite exagerar na dose. Veracidade fala alto e será testada no dia da entrevista.



O que vestir?

Bem, a entrevista/reunião foi marcada, a lição de casa foi concluída, você checou no site da TFL (ou no app Citymapper) a rota de transporte e agora fica a dúvida: “Com que roupa eu vou?” Formalidade está ainda muito presente no coração da cultura britânica e cores escuras (principalmente preto, azul e cinza escuro) predominam na passarela. Calça ou saia social é a mais usada pelas mulheres, e o terno manda e desmanda na passarela masculina do mundo dos negócios. Apesar do amor que os brasileiros (principalmente) têm pelo jeans, dependendo da indústria na qual se trabalha, ele não é normalmente bem-vindo. Existem exceções, claro, como o casual-Friday ou dress-down Friday (dia no qual boa parte das empresas permite um dress code mais casual) e setores, como a indústria criativa, por exemplo, que têm menos restrições quanto ao assunto.

Para terminar, nossa última dica pode parecer básica, mas acredite ainda pega muita gente de surpresa: não exagerar no decote, maquiagem e estar em dia com a higiene podem fazer toda a diferença na hora de aterrissar no novo emprego ou naquele projeto pelo qual você tem trabalhado tanto.




Sobre o Cowork Hub

Localizado em West London (entre North Acton e Willesden Junction station), o Cowork Hub oferece mesas de trabalho compartilhadas (£ 275,00/mês + VAT ou £ 20,00/dia + VAT); 6 salas de reunião, que podem ser alugadas por hora (£ 20,00 + VAT - sala para até 8 pessoas); academia; sala de jogo; acesso 24 horas. O melhor de tudo? Não exige contrato mínimo, depósito ou fiador. O objetivo do Cowork Hub não é apenas ajudar empreendedores a reduzir custos, mas também criar oportunidades para que sejam mais eficientes e produtivos. Visite:www.coworkhub.co




Que dicas de negócios você gostaria de ver aqui no próximo mês? Envie sugestões para: diretor@noticiasemportugues.co.uk