12 °C
Home

​Português e família morrem em incêndio em Londres

|



Familiaportuguesamorta

Reprodução Facebook




(LONDRES) Por Susana Raposeiro - Tiago Nunes, de trinta anos, a sua mulher, Adriana Nunes - chilena - e o filho do casal, um rapaz de sete anos de idade, também chamado Tiago foram encontrados mortos na passada terça-feira de manhã, em Trumpet Hill Road, perto de Reigate, em Surrey, no sudeste da Inglaterra. Ambos viviam no Reino Unido há 16 anos. Eles foram encontrados pela polícia na quarta-feira (25).


Segundo um comunicado da polícia de Surrey, decorre uma investigação conjunta com os bombeiros locais para apurar as origens do incêndio.


Ainda segundo a imprensa local, Tiago e a mulher tinham cerca de 30 anos e viviam há cerca de quatro anos com o filho na casa onde foram encontrados, pertencente à quinta Little Stanton, onde o homem trabalhava como jardineiro. A mulher trabalhava como empregada doméstica em Betchworth, uma localidade próxima. O filho do casal frequentava a escola primária de North Downs.


O jornal "The Telegraph" noticia que os corpos foram descobertos pela polícia depois do alerta do proprietário da quinta, Adrian Smart, que chamou as autoridades ao perceber que Tiago Nunes não tinha ido trabalhar e quando vários colegas lhe manifestaram a sua preocupação.


Encontraram a casa em ruínas, consumida pelas chamas sem que ninguém, aparentemente, tenha dado pela ocorrência e sem que haja registo de pedidos de assistência por parte da família. A casa estava suficientemente afastada de outras na vizinhança para que os vizinhos tenham considerado natural, em declarações ao "Telegraph", que não se tenha dado pelo fogo.


Um especialista da polícia forense está no local com uma equipa para investigar a causa do incêndio, avança a Lusa. A área também está a ser protegida pela polícia local.



As informações são da imprensa britânica com relatos da comunidade em Londres.