12 °C
Esporte

É nesta quarta-feira! ​Brasil vs Colômbia: “jogo da paz”

|



Brasilcolombia

foto divulgação





(RIO - LONDRES) Da redação - O Brasil enfrenta a Colômbia nesta quarta-feira (25) em um amistoso organizado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para homenagear a Chapecoense. O jogo acontece no Estádio Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro, às 21h45 (de Brasília). A renda líquida da partida será destinada ao clube catarinense, que utilizará o dinheiro para indenizar os familiares dos jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes vítimas da tragédia com o voo que levava a delegação da equipe para o jogo de ida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, da Colômbia. A partida será transmitida ao vivo pela TV Record, a partir da meia-noite de quarta para quinta, para quem estiver em Londres.


O motivo nobre da partida, uma espécie de “jogo da paz”, inspirou o espírito esportivo dos colombianos e brasileiros. O técnico Tite chegou a admitir que o empate seria o melhor resultado.


"Enquanto ser humano, para mim não importa o resultado. Torceria pelo empate. Mas não vou retirar a ambição de um atleta convocado que quer estar presente nas próximas listas. São situações paralelas. Uma é de sentimento, de preparação. Outra é de objetivos, que cada atleta tem", afirmou Tite.


O treinador convocou apenas quem está atuando no Brasil. A ideia é testar jogadores para o time principal, que participa das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Ou seja, a partida é amistosa, mas tem bastante importância para os atletas.


Além disso, o histórico dos últimos confrontos entre Brasil e Colômbia é de jogos bastantes disputados, e até violentos. Na Copa do Mundo de 2014, as duas equipes se encontraram nas quartas de final da competição. O Brasil, treinado por Luiz Felipe Scolari, foi muito criticado por abusar das faltas. No final, uma entrada forte de Zuñiga tirou o atacante Neymar da Copa. O Brasil venceu por 2 a 1.


Na Copa América de 2015, no Chile, já sob o comando de Dunga, o Brasil quase foi eliminado do torneio após perder da Colômbia por 1 a 0 na primei


Depois disso, Brasil e Colômbia se enfrentaram mais uma vez, já com Tite na beira do gramado. Antes da partida, jogadores de lado a lado trocaram farpas. Em campo, Neymar foi caçado ao longo do jogo e chegou a reclamar das faltas duras, mas decidiu com um gol e um passe. O duelo terminou em 2 a 1 para o Brasil.


Desta vez, porém, as declarações são de amizade e solidariedade. “As pessoas de Chapecó e as vítimas merecem muito esse jogo. Esperamos fazer um bom espetáculo para eles”, disse o atacante colombiano Borges, que atua pelo Atlético Nacional.


Dos 20 convocados da Colômbia, sete são do clube de Medellín. O atual campeão da Libertadores emocionou o mundo com suas homenagens e a renúncia à Copa Sul-Americana, que foi entregue para a Chapecoense.



O técnico da Colômbia, o argentino José Pekerman, também afirmou que se trata de um jogo diferente, mas que irá observar seus jogadores para futuras convocações: “Temos um bom motivo para estarmos aqui, mas há que se jogar. Nós sempre queremos observar os jogadores, eles sabem. Mas creio que o objetivo está muito claro. É emotivo, comovedor”.

Quem quiser contribuir para a renda beneficente pode comprar um ingresso solidário por meio do site https://meubilhete.com/ingresso-solidario, por um custo de R$ 50.


LISTA DE CONVOCADOS


BRASIL: Os destaques são o meia Diego, do Flamengo, e o atacante Robinho, do Atlético-MG.

Goleiros: Weverton (Atlético-PR), Danilo Fernandes (Internacional), Muralha (Flamengo)

Laterais:
Fábio Santos (Atlético-MG), Fagner (Corinthians), Jorge (Flamengo), Marcos Rocha (Atlético-MG)

Zagueiros:
Geromel (Grêmio), Luan Garcia (Vasco), Rodrigo Caio (São Paulo), Victor Hugo (Palmeiras)

Meias:
Camilo (Botafogo), Diego (Flamengo), Gustavo Scarpa (Fluminense), Henrique (Cruzeiro), Lucas Lima (Santos), Rodriguinho (Corinthians), Wallace (Grêmio), Willian Arão (Flamengo)

Atacantes:
Diego Souza (Sport), Dudu (Palmeiras), Luan (Grêmio), Robinho (Atlético-MG)


COLÔMBIA: A equipe também convocou apenas jogadores que atuam no próprio país ou no Brasil. Veja a lista:


Goleiros:David González (Independiente Medellín) e Camilo Vargas (Deportivo Cali)


Defensores:Farid Díaz (Atlético Nacional), Aguilar (Atlético Nacional), Bocanegra (Atlético Nacional), Orejuela (Deportivo Cali), William Tesillo (Santa Fe) e Leyvin Balanta (Santa Fe)


Meias:Macnelly Torres (Atlético Nacional), Uribe (Atlético Nacional), Aguilar (Deportivo Cali), Quintero (Deportivo Cali), Montoya (Deportes Tolima), Gustavo Cuéllar (Flamengo) e Vladimir Hernández (Santos)


Atacantes:Borja (Atlético Nacional), Ibargüen (Atlético Nacional), Preciado (Deportivo Cali), Teófilo Gutierrez (Rosário Central) e Jonathan Copete (Santos)