12 °C
Portugal

15 euros por porta arrombada

|


Arrombadaportugal

Foto Fábio Augusto/Público PT




(LISBOA) Por Susana Raposeiro - Esquecer as chaves dentro de casa em 2017 vai sair mais caro. Assistir ao arrombamento de portas pelos bombeiros passa a custar 15 euros por hora, a cedência de um cão custará 75 euros por dia e o empréstimo de grades de ordem pública terá um preço de 2,50 euros por unidade/dia. Esses são alguns exemplos, que constam da tabela de preços atualizada para serviços policiais extras da PSP e GNR, que consta de uma portaria publicada há dias em Diário da República.


Sempre que há um arrombamento de portas, por parte dos bombeiros, é obrigatória a presença da PSP ou da GNR, serviço que até agora não é pago e que passa a ter um preço de 15 euros por hora.


A tabela com os novos valores a cobrar indica ainda que PSP e GNR passam a cobrar 100 euros por dia pela cedência de um cavalo, 20 euros por um veículo ligeiro e 40 euros por um pesado, além de 40 euros pelo fardamento, 150 euros pelo aluguel de um auditório ou 20 euros à hora pela utilização da carreira de tiro.


Ambas as forças policias têm esses serviços disponíveis há vários anos, mas os valores que cobravam não estavam uniformizados, passando agora a estar com essa portaria. Em causa estão solicitações frequentes de meios para gravação de filmes e séries de televisão e encenação de peças de teatro. A nova tabela de preços inclui ainda os valores a cobrar por aulas de equitação na GNR, utilização de carreiras de tiro e aluguel de edifícios para realização de eventos.