12 °C
Turismo

Férias na GEÓRGIA

|

FotosdeloscolaboradoresdoMondayFeelings


Por Tiago Ferraro e Fernanda Kiehl

<a href="http://www.mondayfeelings.com/">www.mondayfeelings.com</a>

Imagine um país que inventou o vinho e oferece a bebida, em todas as regiões do território, a preço mais do que acessível. Que incorpora elementos da cultura árabe, persa, europeia e asiática na sua cozinha,resultando numa das gastronomias mais interessantes do mundo. Uma área tão diversa, que te permite aproveitar o mar poucas horas depois de ter esquiado. Um lugar tão hospitaleiro, que você não vai querer ir embora. Já sabe de onde estou falando? Se ainda não, tudo bem, você não está sozinho.



Apesar de ser um dos países mais fascinantes e gostosos para viajar, a Geórgia é praticamente desconhecida pela maioria das pessoas. Ela está cravada no Cáucaso, delimitando a divisão entre Europa e Ásia e, apesar de colecionar uma história de invasões, por parte de seus vizinhos (Rússia, Turquia e Irã), conseguiu preservar uma cultura forte e única, apenas observada nessa região do mundo.



Georgianos são um povo orgulhoso, mas um dos mais hospitaleiros também. O que fica claro para qualquer um que visite a capital Tbilisi, cidade charmosa com ruelas de paralelepípedo,restaurantes, bares, monumentos e galerias de arte.

No topo de uma das montanhas de Tbilisi, observando toda a cidade, fica a “Mãe Geórgia” (Kartlis Deda), estátua que melhor representa a essência do povo georgiano. Com a mão esquerda, ela oferece vinho aos convidados e, com a mão direita, empunha uma espada para se defender dos inimigos.


BNMonastrioKatskhiPillar

Apesar de suas pequenas dimensões (ela é um pouco menor que a Irlanda), a Geórgia apresenta uma paisagem diversa e você encontrará florestas para caminhar, praias para aproveitar, vinícolas para degustar e montanhas para esquiar.

Batumi no Mar Negro, por exemplo, é uma cidade vibrante. Com seus cassinos, obras de arte e opções de lazer, é uma miniLas Vegas do Cáucaso. Svaneti, por outro lado, é uma região montanhosa de natureza ainda intocada e foi um dos lugares mais bonitos, que já tivemos o prazer de conhecer.



BNcapitalTbilisi


Independente das áreas que visitar, é impossível não perder o fôlego com monastérios, que cruzarão seu caminho. A Geórgia é o segundo país do mundo a adotar o cristianismo como religião de Estado e, onde quer que você vá, encontrará igrejas que parecem ter saído de filmes de fantasia.



Mas o melhor ainda está por vir. Foi na Geórgia que provamos uma das melhores comidas do mundo. Temo khinkali (espécie de guioza cozido ou frito com recheio de carne, queijo, cogumelos ou outros); khachapuri (tipo de pão com queijo, que pode acompanhar ovo e manteiga; oostri (quase como um goulash); entre tantos outros.

E para beber? Que tal o mais autêntico dos vinhos? Pesquisadores garantem que a bebida foi inventada ali há oito mil anos. Existem tantas opções de uva, que você precisaria de pelo menos um ano no país antes de dizer que conhece um pouco do vinho georgiano.


BNUshguli


Visto: a maior parte dos países europeus, do continente americano e Oceania, não precisam de visto por permanência de até 3 meses. Grande parte dos países africanos e asiáticos pode solicitar visto de turismo pela internet.


Acomodação: hotéis, pousadas, B&B e campings estão espalhados pelo país e agradam todos os bolsos. Uma cama em hostel sai por 7 libras e um quarto em hotel 3 estrelas, 25libras.


Como chegar:Aeroporto Internacional de Tbilisi possui voos direto com grandes cidades, como Istambul, Atenas, Amsterdã, Tel Aviv, Paris, Moscou, Munique, Viena, Varsóvia, Doha etc.


Quer conhecer outros destinos e as dicas de Monday Fellings? Visite <a href="http://www.mondayfeelings.com/">www.mondayfeelings.com</a>