4 °C
Comunidade

Comunidade se une para levar petição à Assembleia da República em Lisboa

|





Somostodosportugueses

Por Paulo Costa* 

A petição "Também somos portugueses" será entregue na Assembleia da República no final de janeiro. Tendo atingido mais de 4 mil assinaturas de portugueses espalhados por todo o mundo. A petição terá de ser obrigatoriamente discutida no plenário do parlamento.

A petição visa a simplificar o recenseamento e voto de portugueses, que vivem no estrangeiro, para aumentar a participação política. Apenas estão recenseados 242 mil dos cerca de 3 milhões de emigrantes portugueses, e desses, apenas 28 mil (11%) votaram nas últimas eleições legislativas. A petição "Também somos portugueses" pretende mudar esse estado de coisas por meio de 3 pontos:

  • Recenseamento eleitoral automático quando da alteração da moradia para o estrangeiro no Cartão de Cidadão;
  • Recenseamento via postal e via Internet para quem reside no estrangeiro;
  • Introdução da modalidade de voto eletrônico para portugueses, residentes no estrangeiro.

Esses pontos respondem a principais obstáculos, identificados durante as últimas eleições:

  • quando mudam a moradia para o estrangeiro, os portugueses perdem o direito ao voto;
  • para recuperarem o direito a voto, têm de ir em pessoa se recensear novamente num consulado, que pode estar a muitos quilômetros de distância ou até noutro pais;
  • as moradias para onde são enviados os votos postais estão frequentemente desatualizadas;
  • eventos como greve dos correios do Brasil podem fazer com que nenhum voto seja recebido em Lisboa.
O movimento "Também somos portugueses" foi iniciado no Reino Unido, mas se espalhou por todo o lado onde há portugueses. Recentemente foi formalmente apoiado pelo Conselho das Comunidades Portuguesas, que representa os emigrantes portugueses. O primeiro signatário é António Cunha, conselheiro da comunidade portuguesa, eleito pelo Reino Unido. 



PAULO COSTA escreveu para a coluna PALAVRA DA COMUNIDADE NO REINO UNIDO a convite do jornal Notícias em Português. Para outras informações sobre a petição acesse www.tambemsomosportugueses.org



Para participar deste espaço do jornal com algum assunto de relevância para a comunidade que fala português no Reino Unido, deve-se escrever um email para director@noticiasemportugues.co.uk