6 °C
Países Lusófonos

Moçambique e Angola entre países com mais mortes por malária

|

(LONDRES) Com DW - Moçambique e Angola estão entre os oito países com maior número de mortes por malária no mundo. A informação é de um relatório divulgado nesta terça-feira (13) pela Organização Mundial da Saúde (OMS).


De acordo com o documento, publicado anualmente, a taxa de mortalidade pela doença caiu quase 30% desde 2010. Ainda assim, 429 mil pessoas morreram em 2015 por causa da malária, sendo que 75% dos casos aconteceram em apenas 13 países.


Moçambique foi o quinto país com mais mortes, junto com Tanzânia. No ano passado, mais de 9 milhões de pessoas foram infectadas, sendo que 18 mil morreram. Já em Angola, foram 14 mil óbitos, pouco menos do que em 2010. Juntos, os dois países representam 7% do total de casos em todo o mundo.



Malaria

Foto: Divulgação



Segundo a OMS, a queda no número de casos em alguns países se deu por causa do aumento no número de pessoas que dormem com redes mosquiteiras, e do uso de inseticidas. Essas são as duas principais formas de prevenção contra a transmissão da malária.


Essas medidas provaram serem eficientes em outros países lusófonos. Em Cabo Verde, onde mais de 80% da população dorme com redes mosquiteiras, houve menos de 10 mortes por causa da malária em 2015. Timor Leste também esteve no mesmo patamar.


A OMS colocou os dois países na lista de lugares que podem erradicar o paludismo nos próximos cinco anos, o que faz deles casos de sucesso.