6 °C
Brasil

Proposta do governo para reforma da Previdência peocupa população

|

(LONDRES) Da redação - O governo apresentou na semana passada seu projeto de reforma da Previdência, que tem várias mudanças em relação ao atual modelo. Pela Proposta de Emenda Constitucional (PEC), a idade mínima para se aposentar será de 65 anos para homens e mulheres, com pelo menos 25 anos de contribuição à Previdência. Na prática, no entanto, para garantir 100% do valor será preciso contribuir por 49 anos, mesmo que para indivíduos que tenham atingido 65 anos de idade.




PrevidnciaSocial

Foto: Reprodução



Os militares ficarão de fora da reforma. Segundo o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), haverá uma proposta em separado para eles, embora nenhum prazo tenha sido estipulado.


O governo alega que a reforma é importante para manter a sustentabilidade das contas públicas, diante de um déficit crescente do sistema previdenciário brasileiro. Um dos argumentos é de que a população está morrendo mais tarde. Alguns críticos, no entanto, afirmaram que as mudanças são muito duras.


Segundo o governo, sem a reforma, em 2024, todo o orçamento da União será utilizado para pagar a folha de pagamentos e a aposentadoria.


O projeto ainda vai ser analisado pela Câmara e pelo Senado e, se for aprovado, deve entrar em vigor em 2017.