6 °C
Portugal

Portugal melhora inclusão nas escolas

|

(LONDRES) Da redação com Público - O relatório divulgado pelo PISA (Programme for International Assessment) esta semana mostrou Portugal na 13ª posição com número de “alunos resilientes” – aqueles que mesmo vindo de contexto socioeconômico desfavorecido, conseguiram ficar entre os 25% com melhor rendimento nas áreas de conhecimento analisadas pelo programa.


Segundo o relatório, 38,1% dos estudantes portugueses mais pobres conseguiram alcançar esse patamar, um aumento de 4 pontos nos últimos dez anos. Nessa categoria, Portugal ficou acima de países como Dinamarca, Suécia e França.


De acordo com Isabel Flores, que faz parte de uma equipe que vem estudando os resultados do PISA desde 2012, o último relatório é prova de que as escolas “fazem um trabalho notável” ao melhorar o desempenho de seus alunos menos favorecidos.


O PISA avalia a qualidade dos estudos de alunos de 15 anos em Literatura, Matemática e Ciências. Um novo estudo é feito a cada 3 anos, e o documento divulgado essa semana é referente a 2015. No total, 70 países participaram.

Portugal ficou entre os 30 melhores nas três áreas de estudo, superando o Reino Unido em Literatura e Matemática.



PISA2015




O relatório completo do PISA 2015 em inglês pode ser encontrado aqui.