8 °C
Europa

​Após 10 meses, Espanha tem finalmente um governo

|

DC Rajoy Foto Diego Crespo 14112015 0001

(LONDRES) Da Redação 


Após dez meses de impasse finalmente Espanha tem um primeiro-ministro efetivo. No sábado, parlamentares deram voto de confiança ao conservador Mariano Rajoy, que liderará o primeiro governo em pleno funcionamento, após duas eleições consecutivas e tentativas frustradas de coalizão com partidos pequenos.


Esse será o mandato mais fraco da História recente espanhola. Sem maioria no dividido Parlamento espanhol, a administração de Rajoy, do Partido do Povo (PP), terá que negociar acordos com adversários se quiser chegar ao fim do mandato de quatro anos. O primeiro desafio será aprovar o orçamento para o ano que vem.

"Sobrevivemos mais de 300 dias com um governo interino, mas não resistiremos a um que não consiga governar pela falta de apoio ou que enfrente muitos obstáculos", disse Rajoy aos parlamentares, fazendo um apelo para que os deputados ajudem a proteger a recuperação econômica da Espanha. "Não estou pedindo a Lua", afirmou.


Adversários de Rajoy não deram garantias de algum tipo de apoio, embora a ameaça de outra eleição, que seria provavelmente vencida pelo PP novamente, possa lhe dar algum espaço para respirar.

Após governar como primeiro-ministro interino desde dezembro, Rajoy recebeu voto de confiança do Parlamento no sábado. O partido adversário, Socialista, optou pela abstenção.