1 °C
Bem-estar

​A importância de limpar os cristais que nos cercam

|


Cristais


(LONDRES) Por Cristiane Lebelem


O poder dos cristais pode ser percebido de diversas maneiras, e quando as pedras não estão em seu estado natural de equilíbrio, é como um violão desafinado, não tocam a melodia da sua própria harmonia, ou seja, não atingem o princípio de ajudar a estabilizar os seres vivos com sua composição natural de energia. Basta ver a diferença quando tomamos um banho de mar. Logo saímos renovados, pois os íons do sal nos permitem descarregar tudo aquilo que estava em dissonância.


Com as pedras vale o mesmo princípio. Por isso, antes de colocá-las em algum lugar na casa ou no escritório ou mesmo de usá-las como acessórios, vale a pena fazer o ritual básico de limpeza e energização. Veja a seguir como fazê-lo.


Separe numa tigela de vidro um pouco de sal grosso com água.

Deixe as pedras ou os acessórios de molho por cerca de 6 horas.

Quando retirar, enxague em água fria corrente.

Deixe secar ao sol por outras 6 horas.


Quando estiver realizando esse procedimento, não se esqueça de mentalmente pedir à mãe natureza que receba a energia negativa, estabilizada nos cristais e transmutá-la, de volta ao meio, com equilíbrio. Também é importante que depois de secas à luz do sol, as pedras sejam colocadas uma a uma na palma da mão esquerda, e nesse momento a autorizar a trabalhar por sua própria energia, servindo de escudo de proteção e também de guia para que as propriedades sejam efetivamente usadas por você.


Cristaissol


Cada cristal tem uma missão, e cada região do planeta tem sua riqueza, por isso, vale a pena prestar atenção aos detalhes e origens de cada pedra. Elas nos escolhem, e quando programadas, conforme a energização citada anteriormente, realizam uma função incrível no equilíbrio em nossas vidas.

Sempre carrego comigo a ametista, em forma de pulseira e em um pingente de coração no pescoço. Outra pedra que faz parte do meu dia a dia é o quartzo rosa, sempre é usado na mão direita. Essa dica é bastante simples, parte da lógica de que a energia entra no corpo pelo lado esquerdo e saí pelo direito, ou seja, a ametista filtra e transmuta, e o quarto rosa emite harmonia e boa vontade quando saí nesse fluxo energético.