23 °C
Esporte

Como Reino Unido virou potência olímpica

|

BNNP736 Rio2016 Reino Unido

Foto: Getty Images / Ciclistas Philip Hindes, Jason Kenny e Callum Skinner com o ouro. Modalidade foi quem mais deu medalhas ao Reino Unido


(LONDRES) Da redação


Nos Jogos de Atlanta, em 1996, o Brasil conseguiu a melhor campanha de sua história à época ao obter 15 medalhas, sendo três delas de ouro e acabou na 25ª posição. Naquela edição, o Reino Unido ficou com as mesmas 15 medalhas, mas apenas uma de ouro.


Vinte anos depois, os britânicos dispararam no quadro de medalhas e são a segunda maior potência da Rio-2016. Levaram um total de 67 medalhas, sendo 27 de ouro. Neste quesito, ficam atrás apenas dos Estados Unidos, que somaram 46. Enquanto isso, o Brasil não conseguiu entrar no top 10 do quadro geral de medalhas, mas avançou para o inédito 13º posto.


Em comum entre os dois países, além do mesmo número de pódios há 20 anos, é o fato de serem anfitriões dos Jogos neste período. A Associação Olímpica Britânica (BOA, na sigla em inglês) conta com recursos do governo, assim como ocorre com o Comitê Olímpico do Brasil (COB). A responsável pela administração e repasse da verba ao Team GB - como é conhecida a delegação - é a UK Sports, um órgão criado em 1997.


Para o atual ciclo olímpico, iniciado em 2013, a entidade injetou 274,5 milhões de libras visando à Rio-2016. O investimento ocorreu apenas em 20 dos 28 esportes que compõem o programa. Modalidades em que o Reino Unido tem representatividade quase nula e as chances de medalha eram inexistentes ficaram fora, casos do basquete, handebol e vôlei. O futebol também não recebe financiamento.


No mesmo período, o COB destinou às confederações olímpicas R$ 439 milhões por meio da Lei Agnelo/Piva. Mas estes não foram o único investimento público para turbinar a delegação. Bolsa Atleta e Bolsa Pódio, patrocínios estatais e convênios firmados com o Ministério do Esporte, também ajudaram.


O crescimento do Reino Unido Olimpíada a Olimpíada fez com que, no Rio, a nação obtivesse a melhor campanha de todos os tempos. E desperta pontos os quais o Brasil deve se espelhar.


O carro-chefe dos britânicos em 2016 foi o ciclismo. Foram 11 medalhas, sendo seis de ouro, quatro de prata e uma de bronze.


O Reino Unido é a única nação a ter ao menos uma medalha de ouro em cada edição dos Jogos desde 1896. Nem os Estados Unidos conseguiram isso por causa do boicote a Moscou-1980.