12 °C
E-Londres

Dicas para economizar em Londres

|

BNNP735 onibus

Foto: Divulgação



Por eLondres


Que Londres é uma das cidades mais caras do mundo não é novidade para ninguém. Mas talvez você não saiba que existem algumas maneiras de fazer seu dinheiro render mais. Quer saber como economizar na terra da rainha? Confira as dicas.



ECONOMIZE COM TRANSPORTE

Já que a cidade é muito grande para andar a pé, a melhor maneira de se locomover em Londres é utilizando o transporte público. Para isso existem diversas opções de tickets, que podem ser individuais, para um ou sete dias.


BNNP735 oyster

Utilize Oyster Card

Compre Oyster Card - cartão pré-pago recarregável. Ao custo de £ 5, que serão reembolsados caso você o devolva, pode ser usado em todos os meios de transporte público. Uma viagem com Oyster Card é mais barata que comprar um “single” ticket sem o cartão. Além disso ele possui um valor limite para cada zona, o que significa usar o transporte quantas vezes quiser durante um dia e não pagará mais que o valor limite.


Por exemplo, para andar nas zonas 1 e 2 o valor do ticket individual é £ 2,40, mas o valor limite diário é £ 6,50, ou seja, se você utilizar os transportes três ou mais vezes num dia pagará apenas £ 6,50. Se utilizar apenas uma ou duas vezes num dia, pagará o equivalente a um ou dois tickets individuais.



Compre o 7-Day Travelcard

Você também tem a opção de comprar o 7-Day Travelcard, que possibilita usar transportes públicos ilimitadamente durante 7 dias. Ainda nas zonas 1 e 2, o valor limite para esse ticket é de £ 32,40, em 2016. Dividindo esse valor por 7 dias dá menos de £ 5 por dia, ou seja, a economia será ainda maior. Também existe a opção de comprar o ticket ilimitado anual, que sai pouco mais de £ 3,50 diários.



Use apenas ônibus

Se você quiser economizar ainda mais, utilizar apenas os ônibus é ainda mais barato. O valor do ticket individual é £ 1,50 e o ticket semanal ilimitado custa £ 21,20. A melhor parte é que esse valor é para qualquer zona de transporte da cidade, então sem dúvida é a melhor opção para quem mora em zonas mais afastadas do centro da cidade. Não se esqueça que para utilizá-los, você precisa obrigatoriamente de um Oyster Card, já que esses transportes não aceitam pagamento em dinheiro.

Lembrando que todos os valores citados correspondem ao ano de 2016 e são reajustados anualmente.




2 APRENDA A LIDAR COM AS CONTAS DO MÊS

“Direct Debit” é equivalente ao débito automático no Brasil. Você autoriza uma empresa a cobrar determinado valor num dia específico do mês e ele será debitado diretamente de sua conta bancária, sem intermédio de cartão de crédito, por exemplo.

Como as empresas não terão que pagar taxas para a empresa de cartão de crédito, muitas vezes elas oferecem descontos para quem paga por meio de Direct Debit.

Você pode programar todas as suas contas fixas mensais. Economizar um pouquinho em cada conta todos os meses pode fazer uma grande diferença no final do ano.




3 ECONOMIZE COM ALIMENTAÇÃO


BNNP735 pratosexecutivos


Prepare suas refeições em casa

Essa é uma dica que vale para qualquer lugar do mundo, já que comer em casa é (quase) sempre mais barato do que em restaurantes. Especialmente em Londres, fazer compras no mercado e preparar refeições, durante o mês inteiro, pode ser mais barato do que comer fora por uma semana. É possível encontrar refeições de £ 6 a £ 10.



Busque pratos executivos

Uma refeição num restaurante médio custa cerca de £ 25, enquanto é possível fazer uma boa compra no mercado por £ 100 por mês. Mas se você realmente gostar ou precisar comer fora, procure restaurantes que oferecem pratos executivos, geralmente servidos na hora do almoço e possuem preço mais em conta.



Utilize cupons de desconto

Outra opção para comer fora de casa e ainda assim economizar é buscar cupons de descontos. Algumas redes de restaurantes oferecem vouchers com descontos ou opção de comprar dois pratos e pagar apenas um. Chame um amigo para almoçar, assim, além de economizar terá uma boa companhia.



4 APRENDA COMO POUPAR NO LAZER



Busque atrações gratuitas

Londres é uma das cidades mais incríveis do mundo e possui centenas de atrações turísticas. Mesmo que você venha morar na cidade e não seja apenas um turista, vai querer conhecer um pouco mais dessa capital e seus principais pontos turísticos, certo?

A boa notícia é que existem muitas atrações gratuitas e você pode aproveitar os finais de semana ou dias de folga sem precisar gastar muito.

A maioria dos museus londrinos tem entrada gratuita, assim como galerias. Alguns pedem uma contribuição simbólica, mas você pode escolher o valor e não precisa pagar se não quiser.

Passeie pelos diversos mercados de rua ou relaxe um pouco num dos vários parques da cidade. E que tal explorar os bairros? Cada um possui suas peculiaridades e tenho certeza que numa caminhada descobrirá lugares incríveis.



Economize nas atrações pagas

Mesmo nas atrações pagas da cidade é possível economizar um pouco. Normalmente, osingressos comprados antecipadamente (pela internet) possuem desconto. Além de economizar um bom dinheiro, você ainda economiza tempo em filas.


A maioria das atrações oferece descontos para estudantes, famílias, crianças e idosos. Além disso algumas atrações possuem promoções para levar dois ingressos e pagar apenas um ou comprar ingressos de duas atrações e pagar um valor menor. Você também pode conhecer as principais atrações por um preço justo e sem perder tempo com filas.


Viu que não faltam maneiras de economizar em Londres? Com um pouco de esforço e planejamento você pode fazer seu dinheiro render cada vez mais, mesmo morando nessa cidade. É perfeitamente possível ter uma vida confortável com pouco dinheiro e sem estourar o orçamento.


---


Para acompanhar mais dicas de viagem, cultura e História de Londres e do Reino Unido

visite www.elondres.com