12 °C
Turismo

Conheça a Região dos Lagos, no norte da Inglaterra

|

BNNP735 Turismo 1

Foto: Divulgação



Por Luiza Ferrão



Lake District é mais um daqueles lugares no mundo que se perderam no tempo. Aqui o silêncio reina entre vales e montanhas verdejantes, e o vento muda a paisagem de tempos em tempos ao traçar desenhos nos lagos azulados.


Casas de pedra aglomeram-se em pequenos vilarejos como Broughton in Furness, castelos ainda sobrevivem e o clima quente dos pubs garante calor e acolhimento a uma região que pouco sabe sobre o verão.



Explorando montanhas


Numa viagem de cinco horas rumo ao noroeste da Inglaterra, você alcança o maior parque nacional do território inglês. Amantes do alpinismo passam horas explorando montanhas, muitas vezes com uma única companheira, a bússola.


Se você é um andarilho e gosta de respirar novos ares, aceite sem medo o convite de um inglês para short walk (caminhada curta, em tradução livre).


Se você não é fã de caminhadas, não se preocupe. Alugue um carro para explorar castelos, museus, apreciar vistas à beira do lago e explorar os pubs da região com liberdade.



Beatrix Potter Gallery


Foi na fazenda Hill Top, construída no século 17, que a escritora Beatrix Potter (1866 – 1943) viveu por muitos anos e deu luz aos personagens de seus romances, como Peter Rabbit e Gemina Puddle-Duck. Você poderá adentrar na casa e explorar o jardim, para ver de perto os cenários que ilustraram as histórias de seus livros.



Muncaster Castle


A história permanece viva no castelo de Muncaster, em Ravenglass, Cumbria, famoso por ser um dos mais mal-assombrados da Inglaterra. Mesmo assim vale a visita, feita durante o dia, diga-se de passagem. A propriedade foi construída no século 13, entre 77 acres de bosques e jardins e com vista para o Rio Esk.


Foto: Castelo assombrado de Muncaster 


BNNP735 Turismo 4



Lake Side Railway


Subir a bordo de um trem numa das mais antigas ferrovias da Inglaterra, em Haverthwaite, no coração das colinas, é mais uma forma de viajar no tempo em Lake District. Construída em 1875, originalmente para transportar minério de ferro, ela parte de Cumbria e alcança a parte sul do lago Windermere.



Paladares e aconchego


Nada como se esconder num pub inglês no final do dia, sentir seu clima quente, saborear cervejas, drinks e pratos, que vão muito além do fish and chips. Essa experiência antropológica pode ser vivenciada no The Black Cock Inn.



Poesia na beira do lago


Visite também a cottage, como são chamadas as casas por lá, de William Wordsworth, poeta ícone da região nascido em 1770, para ver no escritório cartas que ele escreveu à mão e entender como se dava o ritual do chá, sagrado para os ingleses. No jardim, um espantalho entre os pés de maçã dá graça ao espaço. No fundo da casa, o rio que inspirou a maioria de seus poemas sobre a infância é uma linda vista.


BNNP735 Turismo 2

---

Como chegar


Trem: Bowness-on-Windermere está cerca de 5 horas de carro a partir de Londres. Para quem não quer se arriscar a dirigir na mão inglesa ou quer chegar mais rápido, a melhor opção é o trem. A viagem, a partir de London Euston até Windermere, dura cerca de 3 horas, com uma transferência.

Preço:
A passagem custa £ 101,50 na maioria dos horários (por trecho), mas é possível encontrar passagens a partir de £ 47 o trecho. Pode-se comprar os bilhetes pelo site http://www.thetrainline.com


Informações:
A partir da estação de trem de Windermere é preciso pegar um ônibus para Bowness-on-Windermere. Esse trecho dura somente 10 minutos. O transporte deixa os passageiros na estação de catamarãs (ferries), ao lado do centro. Mais informações, você encontra no site http://www.stagecoachbus.com