12 °C
Esporte

Brasil não sai do zero com a África do Sul na estreia nas Olimpíadas

|


Web neymar
O time de Neymar mostrou que ainda precisa evoluir muito (Foto: Divulgação)


(LONDRES - Da redação) O Brasil estreou no futebol masculino com um 0 a 0 contra a África do Sul nas Olimpíadas do Rio 2016. Se na quarta-feira (3) a seleção feminina de Marta fez a alegria da torcida, nesta quinta-feira (4) o time de Neymar mostrou que ainda precisa evoluir muito para brigar pela inédita medalha de ouro.


Apesar da dificuldade do Brasil, o jogo foi bom na primeira etapa. Muita correria e boas chances para os dois lados. Ainda assim, a seleção brasileira deixou muito a desejar. O time parecia nervoso pela estreia e deu muito espaço na defesa.


Neymar criou as melhores chances, mas parou no goleiro Khune, que foi o grande nome do jogo. O primeiro tempo foi muito aberto, com os dois times buscando o ataque. O Brasil tomou alguns sustos, principalmente porque o goleiro Weverton se atrapalhou em alguns lances simples. O sul-africano Dolly, capitão e camisa 10 da equipe, foi o grande articulador do ataque da África do Sul. Criou boas chances e levou perigo ao gol brasileiro.


Na segunda etapa, a seleção africana voltou melhor. Dominou o Brasil no começo e ficou perto de abrir o placar. A expulsão do zagueiro Mvala aos 14 minutos poderia ter mudado a história do jogo. Poderia, mas não mudou. Logo após a expulsão, Rogério Micale tirou Felipe Anderson e colocou Luan, deixando o Brasil com quatro atacantes. Nem assim foi suficiente. Na melhor chance da partida, Gabriel Jesus mandou na trave a chance de vitória. No fim, 0 a 0 e vaias para os brasileiros no estádio Mané Garrincha.


O Brasil volta a campo no próximo domingo, às 22h (horário de Brasília) contra o Iraque, que também ficou no 0 a 0 contra a Dinamarca na estreia.