6 °C
Londres

Theresa May planeja nova política de imigração para estudantes com Visa

|

BNNP733 Educao Theresa May

Foto: Kirsty Wigglesworth - AP / Theresa May pretende cortar pela metade número de estudantes estrangeiros


(LONDRES) Da redação


Para imigrantes interessados em estudar na Inglaterra, as notícias não são tão boas. O novo governo de Theresa May pretende mudar radicalmente a política de imigração para todos que necessitam de Visto de Estudante (Visa).

Segundo a primeira-ministra, a medida será tomada para evitar que estrangeiros usem os estudos como “desculpa” para trabalhar ilegalmente no Reino Unido. O governo também acredita que o projeto diminuiria o número de migração de forma líquida (contando entradas e saídas de pessoas) para a grande ilha.


Entrevistas feitas com estudantes internacionais reconheceram que, somente em 2016, 32% de casos com falta de legitimidade em fatores como fluência necessária no inglês, qualificações para frequentar curso escolhido e intenção de deixar o Reino Unido após o término dos estudos. O Home Office também calcula que dois em cada cinco estudantes estrangeiros continuam a morar no Reino Unido após término do curso.


Com essas novas mudanças, o governo britânico, por meio da UK Border Agency, visa a receber no país apenas estudantes internacionais realmente interessados na carreira acadêmica e profissional e que possam significar novos negócios para o Reino Unido. “Somente os melhores e os mais brilhantes terão lugar no Reino Unido”, afirmou a primeira-ministra durante entrevista coletiva.


Theresa May está disposta a fazer o que o ex-primeiro-ministro, David Cameron, prometeu e não cumpriu: reduzir imigrantes de forma líquida de 300 mil para "abaixo dos 100 mil".