8 °C
Mundo

​França é atacada mais uma vez e deixa centenas de vítimas em Nice, no sul

|


PoliciaebombeirosnapromenadedesanglaisAFPValeryHache

AFP


(LONDRES) Da redação - O mundo amanheceu com a triste notícia da morte de 84 pessoas e mais de 100 feridos no sul da France, em Nice, na fronteira com o principado de Mônaco. Caminhão avançou sobre multidão durante festa da Bastilha na rua mais conhecida de nice la Promenade des Anglais.

O que está sendo considerado como um ataque ocorreu na orla marítica quando milhares de pessoas assistiam a queima de fogos pela celebração do dia 14 de julho.

A polícia afirma se tratar de ataque terrorista; autoridades dizem que caminhão estava 'carregado de armas e explosivos'. As autoridades pediram para que a população da cidade não saia de casa.

A equipe de investigação encontrou documentos que provam que o motorista tinha 31 anos e origem tunísia. Ele foi morto após trocar tiros com a polícia.

Segundo um repórter da AFP que testemunhou o incidente, um caminhão branco avançou em alta velocidade contra os pedestres que caminhavam na orla de Nice após a exibição de fogos de artifício no feriado nacional que comemora a queda da Bastilha, prisão que foi tomada pela população em 14 de julho de 1789 e é considerado o ato que deu início à Revolução Francesa.

Esse foi o terceiro ataque terrorista em 18 meses. A França volta agora ao estado emergência, que supostamente terminaria no dia 26, na capital francesa.