10 °C
Cultura

Londres expõe obra “assombrada” de Georgiana Houghton

|


Foto: Reprodução

Olho de Deus, obra datada de 1862 e que pertence a um acervo na Austrália


(Londres) da redação


Uma das exposições mais instigantes do momento em Londres é a da médium Georgina Houghton (1814 e 1884) na Courtauld Gallery, 145 anos depois de sua primeira e única exposição na capital inglesa.


Vale uma breve introdução à vida dessa artista que parece ter-se adiantado, com suas pinturas abstratas que flertam com o pontilhismo, em relação a pintores das gerações futuras. Seu interesse pelo espiritismo surgiu após a morte de sua irmã mais nova e depois de ter sido apresentada ao vizinho de um primo que dizia poder se comunicar com os espíritos.


Já na primeira sessão espírita de que participou, Houghton sentiu-se impressionada e afirmou ter recebido manifestações, tendo inclusive se comunicado com a sua irmã. Houghton começou a frequentar com assiduidade as sessões espíritas e logo passou também a transcrever mensagens dos mortos.


Após a morte da irmã, Houghton havia abandonado a pintura clássica, na qual havia se formado, mas, em 1861, depois de ter escutado sobre os “desenhos automáticos” executados por espiritualistas londrinos sob manifestações de espírito, sentiu-se instigada por esse novo tipo de pintura e não demorou muito para receber manifestações de espíritos de artistas e reproduzir suas obras em aquarelas.


Tendo produzido centenas de aquarelas, Houghton se preparou para exibí-las no ano de 1871 numa galeria na Old Bond Street, em Londres. A exposição causou comoção nos expectadores e boas críticas, apesar de a artista ter sido considerada por muitos como uma grande charlatã, pois, entre outras características, diziam que era uma mulher que assinava suas obras com nomes de homens.



A crítica atual afirma ter sido a exposição mais surpreendente de Londres à época, contudo, sua obra foi esquecida e parece ter ressuscitado na capital inglesa somente agora. A exposição vai até dia 11 de setembro deste ano.



Serviço



Endereço: Courtauld Gallery, Strand, London (WC2R 0RN)
Horário: 10am – 6 pm
Data: 9 de julho à 11 de setembro