8 °C
Home

48 horas em Varsóvia: capital da Polônia guarda mais atrações do que se imagina

|


Foto2 bibliotecaBNNPsconflictedcopy20160628

Fotos: Rafael Targino/ Biblioteca da Universidade de Varsóvia conta com jardim suspenso 


(LONDRES) Por Rafael Targino


A Polônia não é um destino dos mais famosos. Quem mora na aqui na Inglaterra só pensa em incluir o país na terceira ou na quarta vez que faz um giro pelo continente. Mais incomum ainda é ir à capital, Varsóvia.

A primeira reação que se ouve quando alguém diz “Estou indo para Varsóvia” é, geralmente, algo como “Mas não tem nada para fazer lá!”, ou “Cracóvia é tão mais bonita, você deveria ir para lá!”. Mas a cidade, que foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial e ressurgiu das cinzas, guarda mais atrações do que se imagina.

Para conhecer Varsóvia com calma, são necessários três ou quatro dias. Mas, em 48 horas, é possível ter uma boa impressão do que a cidade polonesa reserva:


DIA 1 


10h

Museu da Resistência
Entrada: 18 PLN
Site: www.1944.pl
Comece o dia visitando o Museu da Resistência, que conta a história dos moradores de Varsóvia que resistiram à ocupação nazista antes e durante a Segunda Guerra Mundial. A cidade, destruída durante o conflito, abrigou o "Gueto de Varsóvia", onde os judeus viveram confinados antes de serem levados a campos de concentração.


12h30
Almoço no Bar Bambino

Faixa de preços: 3-10 PLN
Site: www.barbambino.pl
Hora de uma legítima experiência soviética. O Bar Bambino é um “bar mleczny” (pronuncia-se “bar milétni”), um “bar de leite” surgido na época do governo comunista. Esse tipo de restaurante ganhou o nome por ter usado leite como ingrediente na maioria das receitas. Eles sobreviveram e são populares até hoje entre os poloneses. E o melhor: é possível comer muito gastando menos de £5. Só não espere ser atendido em qualquer outra língua que não o polonês.


14h30
Museu do Neon

Entrada: 10 PLN
Site: www.neonmuzeum.org
Atravesse o rio Vístula e vá para Praga, bairro que já teve uma fama muito ruim e, hoje, começa a sentir os primeiros efeitos da gentrificação. Lá, você pode conhecer o Museu do Neon, um "queridinho" dos hipsters. É preciso voltar um pouco na história para explicar a existência dele. O governo comunista da Polônia considerava letreiros em neon um símbolo de modernidade.


17h
Biblioteca da Universidade de Varsóvia

Entrada: grátis
Site: www.buw.uw.edu.pl
Pegue o metrô de volta até a estação Centrum Nauki Kopernik e caminhe até a biblioteca da Universidade de Varsóvia. O prédio, projetado pelos arquitetos Marek Budzyński e Zbigniew Badowski, tem um jardim suspenso (ótimo para tirar fotos, inclusive da cidade) e uma minigaleria


20h
Jantar no Charlotte Menora

Faixa de preços: 10-30 PLN
Site: www.bistrocharlotte.pl
O restaurante fica dentro do antigo Gueto de Varsóvia e tem um quê de descolado. De inspiração judia, tem como carro-chefe paninis e saladas. Invista no Gratin de poireaux (10 PLN, cerca de £1): alho poró com queijo azul, pão da casa e creme.


DIA 2

9h
Palácio da Cultura e Ciência

Entrada: Gratuita
Site: www.pkin.pl
Inicie o segundo dia com uma polêmica: o Palácio da Cultura e Ciência, onipresente no panorama de Varsóvia, foi dado de presente por Josef Stalin à cidade em 1955. Por isso mesmo, divide opiniões. É um complexo de teatros, cinemas, bares, escritórios e galerias. É possível subir no topo do prédio e ver Varsóvia de cima (20 PLN/£5).


2h
Almoço no Złota Kurka

Faixa de preços: 3-10 PLN
Site: www.barzlotakurka.pl
Hora de ir a outro bar mleczny – dessa vez, ao “Galinha Dourada” (“Złota Kurka” – pronuncia-se “zuota kurka”). Um pouco menos “decorado” que o Bar Bambino, segue o mesmo esquema de sucesso entre os poloneses: comida boa e barata. Peça pelo menu em inglês (ou consulte antes no site e faça o pedido pelos números).


13h30
Museu Chopin

Entrada: 22 PLN
Site: chopin.museum
Chopin era polonês e nada mais justo que um museu para celebrar sua obra e vida. E um museu interativo, no caso: o ingresso, que, na verdade, é um cartão, permite que o visitante ouça as músicas compostas por ele e ative outras funções dentro do local. No subsolo, é possível ver as partituras e ouvir as composições do pianista.


16h
Stare Miasto (Cidade Velha)
Termine o dia visitando a Cidade Velha de Varsóvia, que foi completamente destruída durante a Segunda Guerra e, depois, reconstruída milimetricamente. Comece andando pela rua Nowy Ṡwiat na direção norte, até que ela vire Krakowskie Przedmieście. Neste momento, você estará passando ao lado do campus da Universidade de Varsóvia. Continue subindo e passe pelo bonito Palácio Presidencial (que não é aberto a visitas) até a plac Zamkowy.


20h
Jantar no SAM Kameralny Kompleks Gastronomiczny
Faixa de preços: 10-32 PLN
Site: www.sam.info.pl
Um restaurante que é misto de padaria com minimercearia: bom para o café da manhã, bom para o jantar. Invista nas saladas ou no arroz tailandês. Antes de sair, desça as escadas e aproveite para comprar pães feitos no local, queijos e azeites.




Foto: Rafael Targino

Castelo Real é uma das atrações da Cidade Velha de Varsóvia

Foto3 casteloBNNPsconflictedcopy20160628