10 °C
Notícias

Michelle Obama em Cabo Verde pela educação feminina

|


foto : Diário de Notícias


O acesso à educação entre meninas jovens é tema importante, levantado pela primeira-dama norte-americana Michelle Obama. Sua principal mobilização, uma iniciativa do governo americano chamada Let Girls Learn (Deixem as garotas aprenderem), levou-a até a Ilha do Sal, em Cabo Verde, no domingo (26).


A primeira-dama estava acompanhada das filhas Malia e Sasha e a mãe Marian Robinson.

Na cidade, Michelle foi recebida pela primeira-dama de Cabo Verde Lígia Fonseca e pelo ministro dos Negócios Estrangeiros Luís Filipe Tavares.


A agenda da primeira-dama americana incluiu declaração à imprensa para explicar o objetivo da campanha e a importância da educação para jovens meninas. De lá, ela ainda viajará à Libéria e a Marrocos, promovendo o projeto.




Let Girls Learn


O nome da mobilização é uma referência a 62 milhões de meninas, que ainda não têm acesso à escola em todos os países. A campanha está no site Change.org e pretende reunir cidadãos interessados em se engajar, em longo prazo, pelo direito à educação de garotas.


Ao longo do ano, #62MillionGirls usará a plataforma para mobilizar pessoas em ações específicas e complementares.

Ao espalhar a causa pelas redes sociais, a campanha estimulará a criação, por meio dos apoiadores, de formas de estimular a educação de meninas em suas próprias comunidades, com temas que façam sentido em seus locais de origem.