12 °C
Brasil

 Com pouco dinheiro, morador de Joinville constrói, em 20 anos, seu castelo

|


BNNP728 Brasil Castelo

Foto: Leonardo Coradelli/Divulgação
O castelo de Joinville (SC), construído pelo massoterapeuta Leonardo Coradelli durante 20 anos


Da redação com a Folha de S. Paulo


Leonardo Coradelli, 66, é massoterapeuta. Ganha "mil e pouco por mês".  Mas, mesmo com pouco dinheiro e muita paciência, ele construiu um castelo em Joinville, no norte de Santa Catarina.  A construção, que demorou cerca de 20 anos para ser concluída, virou ponto turístico.


O castelo foi erguido no alto de um morro, na rua Petrópolis 142, no bairro Itaum.  A edificação é toda branca com janelas e vitrais verdes. Há mais de 700 metros de área construída, quatro andares, 48 torres, 31 arcos, 21 cômodos e uma piscina com chafariz dentro.


Apesar da majestosa casa, Leonardo mora sozinho num bairro humilde. Sua esposa faleceu há anos. Ele é visitado pelos filhos, familiares e pela namorada.

Há 20 anos, sua rotina é a mesma. Quando não está trabalhando como massoterapeuta, está trabalhando no castelo. "Minha vida toda foi dedicada a esse projeto. Dia e noite, sábados e domingos e, às vezes, os vizinhos faziam mutirões para me ajudarem", contou.


Apesar da beleza arquitetônica, os materiais utilizados são simples. "Saibro, areia, cimento, tijolo e tinta branca".  Leonardo estima que tenha gastado R$ 300 mil.

O desenho do castelo foi criado pelo próprio Leonardo, que tinha como única experiência os castelinhos que construía na areia da praia. "Eu ia imaginado e mostrando as ideias para um amigo que é engenheiro, para ele avaliar se não tinha risco de queda", disse.


O castelo não é inspirado em nenhuma obra existente. Na verdade, Leonardo, contou que nunca viu um castelo, por isso, resolveu criar o seu. Era um sonho de infância.

Mesmo ciente que sua residência é uma atração, ele não cobra nenhuma taxa dos curiosos. Muitas produtoras de festas o procuram na tentativa frustrada de realizarem festas de casamento ou debutantes  dos seus clientes no castelo, mas Leonardo recusa.


"Fiz o castelo para ouvir meu coração, não pensei em ganhar dinheiro", conclui.