10 °C
Esporte

Brasil eliminado da Copa América

|

Brasil Peru Reuters


(LONDRES) Da redação - A Seleção do Brasil está passando por momentos difíceis. No domingo (12) a derrota por 1 a 0 contra a Seleção do Peru eliminou o país ainda na primeira fase da Copa América Centenária, nos Estados Unidos, ocupando o terceiro lugar do Grupo B, com quatro pontos, atrás do Peru e Equador.


No início da partida, o Brasil jogava bem, principalmente do meio para frente. A movimentação e o dinamismo do time fizeram pressão no adversário. Foi um primeiro tempo sem sustos, com exceção de um toque de Renato Augusto em Flores, que o árbitro ignorou e não deu pênalti. Outros cinco pênaltis foram reclamados pelo Brasil, sem sucesso.

No segundo tempo, outro time parecia estar em campo. O Brasil foi perdendo qualidade de jogo, a saída de bola ficou complicada, e as jogadas não fluíram. Para agravar a situação, um grave erro de arbitragem abriu o placar para a Seleção peruana. Ruidiaz escorou o cruzamento com o braço direito e o árbitro uruguaio, Andrés Cunha, não viu. Mesmo após consultar o assistente e usar de toda a tecnologia disponível, o gol foi validado.


Após fortes emoções, o time, que estava cometendo muitos erros, desempenhou papel ainda pior e a eliminação foi o desfecho da partida. A Seleção Brasileira não perdia para o Peru desde 1985 e uma eliminação na primeira fase da Copa América não acontecia desde 1987.

Após a partida, a Seleção Brasileira virou um dos principais assuntos nas redes sociais.


BRASIL 0 X 1 PERU

Local: Gillette Stadium, Foxborough (EUA)
Árbitro: Andres Cunha (URU)
Auxiliares: Nicolás Taran e Richard Trinidad (URU)
Cartão amarelo: Lucas Lima, Renato Augusto (BRA)
Gols: Ruidíaz, 32'/2ºT (0-1)


BRASIL : Alisson, Daniel Alves, Miranda, Gil e Filipe Luís; Elias, Renato Augusto, Lucas Lima, Willian e Coutinho; Gabigol (Hulk, 26'/2ºT). Técnico: Dunga

PERU : Gallese, Corzo, Balbín, Ramos e Rodríguez; Trauco, Vilchez, Polo e Cueva (Tapia, 46'/2ºT); Flores e Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca