7 °C
Londres

Pelé coloca itens de sua carreira a leilão em Londres

|

Pele

Reuters / Taça será leiloada 


(LONDRES) Da Redação - Alguns artigos raros que marcaram a carreira de Pelé poderão parar nas mãos de colecionadores mais abonados. Segundo reportagem da agência Reuters, o Rei do Futebol vai colocar a leilão cerca de dois mil itens acumulados ao longo do tempo que jogou profissionalmente. O evento acontecerá em Londres, entre os dias 7 e 9 de junho.



Entre os objetos que serão leiloados, alguns itens raros – e caros: três medalhas conquistadas em Copas, um exemplar do troféu Jules Rimet, a bola do milésimo gol e camisas de Santos e New York Cosmos, informaram os leiloeiros. Os preços podem chegar a US$ 600 mil (R$ 2,2 milhões), e uma parcela do valor arrecadado será destinado ao hospital infantil Pequeno Príncipe, em Curitiba.

“Pelé é como a Marilyn Monroe do mundo dos esportes. Ele é como um ícone e um grande embaixador para o futebol”, disse à Reuters Martin Nolan, diretor-executivo da casa de leilões responsável pelos objetos.



O principal item do leilão é um troféu Jules Rimet, criado especialmente para o Rei do Futebol pela Fifa e pelo governo mexicano depois que ele conduziu a seleção brasileira ao tricampeonato mundial em 1970. As três conquistas do Rei, em 1958, 1962 e 1970, está inscritas na taça, que tem um preço avaliado entre US$ 400 mil e US$ 600 mil.


As medalhas dos Mundiais devem arrecadar até US$ 200 mil (R$ 730 mil) e a bola do milésimo gol está cotada em um valor entre US$ 40 mil (R$ 145 mil) e US$ 60 mil (R$ 220 mil). Sem detalhar o preço estimado, a agência disse que o anel de campeão da NASL pelo New York Cosmos em 1997, a tocha dos Jogos Olímpicos de 2004 e o prêmio de jogador do século também serão leiloados.


20160310t120633z 1854876220 gf10000340119 rtrmadp 3 peoplepeleauction

Reuters / Pelé também levará a leilão faixa de campeão do mundo 


Atualmente com 75 anos de idade, Pelé disse ter doado outra parte considerável de sua coleção a cidade de Santos e comentou.



“Decidi permitir que torcedores e colecionadores possuam um pedaço da minha história também. A decisão foi muito dura, mas espero que eles valorizem esses artefatos e compartilhem da minha história com os seus filhos e as próximas gerações”, disse Pelé, segundo a agência.