18 °C
Mundo

Apple investe em "Uber chinesa"

|

BNNP722 Pag.16 Mundo Apple

Foto: Google  / Didi, na China, fatura milhões por mês


(LONDRES) Da Redação - O gigante de tecnologia Apple anunciou na sexta-feira (13) um investimento de mil milhões de dólares na aplicação de transporte privado chinesa Didi Chuxing - versão chinesa do Uber e uma das "start-ups" mais bem-sucedidas desta década no país.

Esse é o maior investimento da empresa, líder do mercado chinês, com uma quota de 87%, graças aos seus 300 milhões de utilizadores e uma média de 11 milhões de viagens diárias. Embora não detalhe o montante total arrecadado na última ronda de financiamento, na qual participaram outras "entidades chinesas e internacionais de prestígio".


Em operações do gênero realizadas anteriormente, a plataforma captou investimento das duas empresas líderes no setor da internet na China, o gigante de comércio eletrônico Alibaba e a Tencent, especializada em redes sociais e videojogos.


"Estamos extremamente impressionados pelo negócio, que criou a excelente liderança e esperamos apoiá-los à medida que vão crescendo", disse o conselheiro delegado da Apple, Tim Cook, em comunicado. “O Didi ilustra a inovação do setor informático na China”, ainda acrescentou.

Com sede em Pequim, o Didi Chuxing nasceu da fusão, em fevereiro de 2015, das empresas chinesas Didi Dache e Kuaidi Dache, que até então competiam entre si pela liderança no mercado no país. No início deste ano estava avaliada em 16.500 milhões de dólares.


O governo chinês deve aprovar este mês reformas legais, visando a "profissionalizar" os serviços móveis, após mais de um ano de atritos entre táxis convencionais e motoristas daquelas aplicações.