3 °C
Portugal

Alerta para subida das águas do Tejo e previsão de cheias

|

Tejo


(LONDRES) Da Redação - Com o aumento dos caudais em mais de 1.500 m3/s é esperada a ocorrência de episódios de cheias na bacia do Tejo em Portugal nos próximos dias, disse à agência Lusa, na segunda-feira (9), o comandante distrital da Proteção Civil de Santarém Mário Silvestre.

Silvestre explicou que "decorrente da precipitação que se tem sentido no distrito de Santarém, os níveis hidrométricos e caudais do Rio Tejo têm aumentado, podendo atingir os 2 mil m3/s em Almourol".


Silvestre referiu ainda que é previsível o alagamento da margem direita do Rio Tejo, com inundação de zonas ribeirinhas na Golegã, no cais de Tancos (em Vila Nova da Barquinha), na zona baixa de Constância e em Reguengo do Alviela (Santarém). "Não é possível ainda quantificar exatamente os impactos das cheias", observou.

A Proteção Civil alertou as populações para adotarem medidas de proteção, tais como retirar equipamentos agrícolas, industriais, viaturas e outros bens, recolher animais para locais seguros e não atravessar com viaturas ou a pé estradas ou zonas alagadas.


O responsável pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém pede ainda à população "que se mantenha informada através dos órgãos de comunicação social ou agentes de proteção civil, desenvolvendo as ações necessárias para sua proteção, da sua família e dos seus bens".

Também os bombeiros municipais de Santarém lançaram um aviso, alertando que na madrugada de terça-feira (10) é previsível a inundação da Estrada Nacional 365 em Palhais, entre ribeira de Santarém e Alcanhões e entre a ponte do Alviela e Pombalinho e do Caminho Municipal 1.348, entre ribeira de Santarém e Vale Figueira.