18 °C
Esporte

Grécia entrega tocha olímpica para Brasil

|

Foto1tocha

Cerimônia foi realizada no Estádio Panatenaico, em Atenas. Faltam menos de 100 dias para início dos Jogos


(RIO DE JANEIRO) Denis Kuck - Quarta-feira (27) passada marcou exatamente 100 dias para o início dos Jogos Olímpicos 2016. Para celebrar a data, a tocha olímpica foi entregue oficialmente da Grécia para o Brasil, em cerimônia realizada no Estádio Panatenaico, em Atenas, palco da primeira Olimpíada moderna, em 1986.


A tocha foi recebida pelo presidente do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman. A pira foi acesa na semana passada e percorreu várias cidades gregas. Após passar pela Suíça, onde foi exibida em Genebra, ela chega nesta terça-feira (3) em Brasília, onde será levada até o Palácio do Planalto e depois para vários pontos da capital. Está previsto que o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima, bronze em Atenas 2004, carregue a tocha.


A pira olímpica passará por mais de 300 cidades brasileiras durante três meses, antes de chegar ao Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, no dia 5 de agosto, para a cerimônia de abertura dos Jogos.

“O Brasil está aguardando a chama olímpica com alegria e paixão. Quando chegarmos, vamos entregar a promessa de levar a experiência olímpica a todos os cantos do país, que é bonito por natureza. Todas as capitais dos estados, mais de 300 cidades, 12 mil condutores unidos para transformar nossa nação e construir o futuro que sonhamos”, disse Nuzman.

Em discurso, Nuzman também reafirmou que o Brasil está pronto para receber os Jogos: “Se de fato pudéssemos voltar no tempo até 2009, em Copenhagen, viveríamos mais uma vez o momento de alegria quando fomos presenteados com a honra de sediar os Jogos da 31ª Olimpíada”.


Crise e política preocupam


Apesar do clima de festividade, a crise econômica e política que o Brasil vem enfrentando preocupa. Os organizadores dos Jogos, no entanto, dizem que a competição não será afetada. A maioria dos estádios e o Parque Olímpico estão praticamente concluídos.


"Estes serão grandes Jogos. Eles ajudarão o nosso povo a se sentir mais confiante. Estes Jogos confirmarão que o Brasil sempre sai de seus problemas mais forte do que antes. Receberemos os visitantes com graça e charme”, afirmou Nuzmann na sede da ONU em Genebra.