8 °C
Londres

​Um em cada três londrinos estão endividados por aluguel

|

Precomedioquartoslondres

Fonte: Citymapper



(LONDRES) Da Redação - Mais da metade dos inquilinos privados em Londres fazem um grande sacrificio para arcar com gastos de habitação, segundo revelou um informe de uma ONG. A pesquisa, realizada pela Shelter e YouGov, constatou que quase a metade das famílias da capital precisou pedir dinheiro emprestado para cobrir os gastos com aluguel.


Segundo a a organização de assistência Shelter, um de cada três inquilinos pecisou recorrer a empréstimos no ano pasado para cumprir com os gastos mensais.

As cifras do governo mostram que os alugueis aumentaram 19% em Londres nos últimos cinco anos. O preço médio de um apartamento de dois quartos é agora de mais de 1.600 libras por mês. Os moradores da capital gastam em média 60% dos seus ganhos com aluguel.


50 mil casas populares por ano


A organização sugere que o próximo prefeito de Londres utilize seus poderes para construir 50 mil casas por ano na cidade, priorizando os cidadãos de baixa e média renda.

A Shelter diz ainda que o aluguel deveria ser de cinco anos com aumentos limitados à inflação. O director-executivo da organização, Campbell Robb, afirmou que os inquilinos privados “merecem algo melhor”. Segundo ele, dezenas de pessoas estão sendo expulsas da cidade ou vivem uma espiral de dívidas para manter um teto, com ajuda de empréstimos ou endividamentos com bancos por uso de cartões de crédito.


Um porta-voz da prefeitura afirmou que estão sendo feito esforços para melhorar o mercado de aluguel. Segundo a versão oficial, “apesar de poderes muito limitados, o prefeito liderou esforços para melhorar o mercado de aluguel privado através do London Rental Standard, a primeira iniciativa na cidade para coordinar e promover a formação e cadastramento entre proprietários e agentes imobiliários”.