7 °C
Mundo

Revisão de censo aumenta em mais de 1 milhão população de Angola

|

Recenseadores

Angop / Recenseadores do INE fizeram um levantamento da população durante 2014



(LONDRES) Da Redação - O Instituto Nacional de Estatística (INE) de Angola divulgou na semana passada que o número de habitantes do país aumentou para cerca de 25,7 milhões, o que significa um crescimento de mais de um milhão em relação ao informe anterior. Os dados foram obtidos por meio do recenseamento realizado em março de 2014.


O INE reuniu 105 mil recenseadores entre 16 e 31 de maio de 2014 para fazer o levantamento do número de pessoas que vivem no país. Os números preliminares foram de 24,3 milhões de habitantes, mas após a revisão chegou-se ao total de 25.789.024, um aumento de mais de um milhão de pessoas.

Só na província de Luanda, os números subiram para 6.945.386 habitantes, contra os cerca de 6,5 milhões anteriores. Dessa população, 586.480 são estrangeiros, praticamente 2,3% do total.


Segundo o diretor do INE, Camilo Ceita, a expectativa de vida da população angolana também teve um aumento e subiu em oito anos para a média de 60,29 (57,59 para os homens e 63 para as mulheres).

Outro dado levantado no recenseamento foi a densidade demográfica, que em Angola é de 20,6 pessoas por quilometro quadrado, um valor bem mais baixo se comparado a densidade da capital Luanda, que é de 368,9.


O recenseamento de 2014 foi o primeiro realizado no país desde a independência e, segundo o ministro de Estado e Chefe da Casa Cívil do Presidente da República, Edeltrudes Costa, foi um “feito marcante” para Angola.

Os resultados serão uteis para definir as prioridades das aplicações financeiras do governo e políticas públicas e sociais.

Pies de foto: Angop/Recenseadores do INE